sexta, 02 de dezembro de 2022
SIGA-NOS

Presidenciáveis jogam cartas finais no último debate do 1° turno; veja estratégias



Publicado em quinta-feira, setembro 29, 2022 · Comentar 

Os candidatos à Presidência da República jogam, nesta quinta-feira (29/9), suas últimas cartas no debate promovido pela Rede Globo a menos de 48 horas da abertura das urnas. O evento começa às 22h30, após a novela Pantanal, e será o segundo e derradeiro embate a colocar frente a frente os líderes das pesquisas, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL).

Com esperança de liquidar a eleição no primeiro turno, Lula deve adotar postura mais agressiva do que a do debate da Band, no fim de agosto, no qual foi atacado por Bolsonaro no campo da corrupção e não respondeu bem.

Já Bolsonaro tem o objetivo de garantir um segundo turno na disputa, para tentar mudar a história de uma eleição em que as consultas de intenção de voto mostraram Lula na liderança durante todo o período. Para isso, deverá aumentar ainda mais o tom contra o petista. O atual chefe do Executivo federal ainda precisará acenar ao eleitorado feminino, que tem apresentado alta rejeição à sua candidatura.

Além dos líderes nas sondagens, foram convidados para o debate na Globo os candidatos de partidos com ao menos cinco representantes na Câmara dos Deputados: Ciro Gomes (PDT), Padre Kelmon (PTB), Felipe D’Ávila (Novo), Simone Tebet (MDB) e Soraya Thronicke (União Brasil). Os concorrentes serão distribuídos no estúdio da Globo, no Rio de Janeiro, em ordem alfabética. Com isso, Lula e Bolsonaro não vão ficar próximos um do outro.

O debate terá quatro blocos, e em todos serão os próprios candidatos que farão questionamentos uns aos outros. Não haverá, portanto, perguntas do mediador, William Bonner, de jornalistas da empresa ou do público. Em dois blocos, o tema será livre, e nos outros dois, as discussões terão de ser sobre temas sorteados por Bonner na hora.

Além da Globo, na TV aberta, o portal g1 e a plataforma Globoplay vão transmitir o debate, que vai acabar na madrugada da sexta-feira (30/9), à 1h40.

Da Redação do ExpressoPB
Com informações do Metrópoles

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48