sexta, 02 de dezembro de 2022
SIGA-NOS

Escola no Campo em Cabaceiras se mantém na dianteira da educação paraibana aponta índice do IDEB



Publicado em segunda-feira, setembro 19, 2022 · Comentar 

A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Carlos Pedrosa, no distrito de Ribeira de Cabaceiras, Cariri Oriental paraibano, se destaca mais uma vez no IDEB, Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, no ano de 2021, com nota 5.8 no IDEB 2021 lançado no último dia 16 de setembro.

Participando do Programa Domingo Rural deste domingo(18), o professor e gestor daquela casa de educação, Carlos José Duarte Pereira, explicou que o IDEB é um indicador criado pelo governo federal em 2007 para medir a qualidade do ensino nas escolas públicas, reúne em um só indicador os resultados de dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações e evidenciou que não é a primeira vez que a aquela escola se destaca com o principal dispositivo que mede  a educação já que desde o início tem obtido bons resultados. “O esforço que a gente vem fazendo para alcançar bons índices no caso do IDEB a gente não tem essa questão de estar disputando, o que a gente dá ênfase, o que a gente vem trabalhando é que a escola construa uma educação diferente, nós somos uma Escola do Campo, estamos localizados no Distrito de Ribeira, município de Cabaceiras, é uma escola de ensino fundamental e médio regular e a gente vem desde quando começou a ser divulgado o IDEB a partir de 2007, mas desde o início a gente tem marcado que a nossa escola sempre esteve em evidência, estivemos já duas vezes como a melhor do estado e o esforços de direções anteriores a minha é a de firmar primeiro que a escola se destaque com o papel principal na educação do campo, esse dispositivo que mede a educação também a gente vem dando esses bons resultados e a gente sempre marca melhorando os projetos e programas do Governo do Estado, a partir disto a gente vem obtendo sempre notas superiores porque em 2019, pra você ter uma ideia, a média dos anos iniciais era de 5.7 e a nossa escola obteve 6.2”, explica Carlos José, em contato com nosso público ouvinte, detalhando todos os resultados da pesquisa recente. “Esse ano que o resultado sai agora, o nosso resultado foi 5.8 no 9º Ano com a Escola do Campo, numa escola sem muito investimento, mas que a gente tem um investimento humano fantástico”, reafirma. “Somos a melhor da Paraíba e estamos empate com uma escola de ensino técnico em Campina Grande, somos duas: essa regular e a de ensino técnico de Campina que também fez 5.8”, comemora Duarte Pereira.

Num clima de elevado nível de alegria, Carlos José explicou que o último IDEB, realizado em 2019, declara a nota do Brasil sendo 5,7 nos anos iniciais, que a escola Clóvis Pedrosa do distrito de Ribeira obteve 6.2 e apresentou diagnósticos dos anos anteriores em que no ano de 2011  a Escola alcançou números crescentes começando com 3,8;  em 2013 4,0, em 2015 4,3; 2017 com 5,7; para os anos finais em 2019 alcançou 4,8 e agora no 2021 alcançou a nota de 5,8 para os anos finais do ensino fundamental, já que os anos iniciais não fizeram provas em 2021. “Não é nada fácil diante os desafios enfrentados pela escola nos dias atuais, ficamos surpresos e felizes, mas de cabeça erguida e consciência de que é uma responsabilidade diante do trabalho que é abraçado por toda equipe, professores como de matemática Priscila Pereira de Sousa, Hugo Rocha e Maira Porto, da coordenadora Silvia Andrade e o apoio dos professores e colaboradores”, comemora Duarte.

Da Redação do ExpressoPB
Com Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48