domingo, 27 de novembro de 2022
SIGA-NOS

Maternidade Frei Damião realiza a primeira cirurgia em homem trans na Paraíba



Publicado em quinta-feira, agosto 25, 2022 · Comentar 

A maternidade Frei Damião, que integra a rede hospitalar do Estado, realizou na tarde desta quarta-feira (24) a primeira cirurgia em homem trans da Paraíba.  O paciente  tem 33 anos e mora em João Pessoa. A Frei Damião é terceiro hospital do Brasil a realizar esse tipo de procedimento cirúrgico que só é feito na Unicamp, em São Paulo e no Hospital das Clínicas do Recife.

Ele contou que iniciou sua transição há treze anos e já são nove anos de acompanhamento no ambulatório do Hospital Clementino Fraga.  “ O fato de a gente começar a fazer esse processo sendo acompanhado por um hospital de referência e um equipe preparada desde o acolhimento até a cirurgia faz total diferença para a gente”, comentou.

Ele disse que sua expectativa em relação à cirurgia é uma das melhores possíveis, “ só em saber que estou passando por mais uma etapa da minha transição, isso é muito significante para mim porque estou chegando mais próximo daquilo que, há 13 anos atrás, eu pensava ser impossível. E espero que eu não seja único e que essa prática se torne corriqueira não só neste hospital, mas em outros”, disse.

“Hoje a gente vê os serviços abrindo as portas, a exemplo dos Hospitais Clementino Fraga e Frei Damião que buscam profissionais que sejam sensíveis a essa causa, que queiram dar esse olhar mais humanizado para a nossa população que sofre tantos preconceitos e discriminações”, comentou.

“Quando eu sair deste hospital quero ser recebido pela minha família, passar mais esse tempo com os meus amigos mais próximos e, o mais importante, acompanhar a chegada de outros pacientes aqui no hospital para fazer esse mesmo procedimento”, disse, emocionado.

O primeiro Ambulatório de Saúde Integral para Travestis e Transexuais da Paraíba (Ambulatório TT) TT foi implantado há nove anos na Paraíba, no Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa    e que faz apenas o acompanhamento médico e aplicação do hormônio e que agora, com a cirurgia, todo o processo transexualidor se completa.

Da Redação do ExpressoPB
Com Secom

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48