segunda, 27 de junho de 2022
SIGA-NOS

Cidade paraibana terá nova eleição proporcional, após cassação de todos os parlamentares



Publicado em terça-feira, junho 21, 2022 · Comentar 

O município de Monte Horebe, no sertão do estado, terá novas eleições para a Câmara de Vereadores após determinação do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB). A decisão ocorreu em sessão realizada nessa segunda-feira (20) após constatação de que houve fraude na cota de gênero.

Os vereadores cassados são filiados ao MDB e teriam fraudado em 2020 à cota de gêneros, três mulheres teriam requerido os seus respectivos registros de candidatura apenas com a finalidade de preenchimento do percentual legal de 30% exigido para determinado gênero.

Foram cassados os mandatos dos vereadores: Edigley Cardoso Ferreira, Júlio Cézar Ferreira Braga, Márcio José Nogueira, Iranaldo Pereira de Sousa, Joaquim Leite De Brito, José Nilton Pereira Dantas, Agamoneo Dias Guarita Júnior, Valtiere Silva Barreiro e José Soares de Sousa, além dos suplentes Iracy De Sousa Cavalcanti Ferreira, Maria Marinalva Cardoso Dias e Josefa Alice da Costa.

“Os 2.753 votos obtidos pelos 09 vereadores eleitos e respectiva legenda, nas Eleições de 2020 em Monte Horebe-PB, representam cerca de 83,82% dos 3.045 votos válidos apurados, de modo que, a nulidade atingiu quase 84% dos votos nas eleições municipais, valendo lembrar que o partido adversário não elegeu um único vereador. Ou seja, nas eleições proporcionais em Monte Horebe-PB, houve apenas um vencedor, no caso, o partido MDB, autor da fraude à cota de gênero”, disse o juiz José Ferreira Júnior, relator do processo.

Da Redação do ExpressoPB
Foto: Reprodução/Internet

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48