segunda, 27 de junho de 2022
SIGA-NOS

Tragédia: Jovem de 18 anos morre com tiro acidental de arma do irmão policial



Publicado em sábado, junho 18, 2022 · Comentar 

Maria Vitória Carmello, vítima de disparo acidental da arma do pai

Uma jovem de 18 anos morreu na última quinta-feira (16) após ser atingido por um disparo de arma de fogo dentro da própria casa, em Botucatu (SP). De acordo com o Boletim de Ocorrência, o policial civil Leonardo Matheus Carmello, 28, pediu para que a irmã, Maria Vitória Carmello, o filmasse ensinando como se limpava a arma de fogo, uma pistola 9 mm, quando a arma disparou e atingiu a vítima.

Assim que aconteceu o acidente, o policial acionou o Samu e os dois foram para o Hospital das Clínicas. Lá, a Polícia Militar atendeu a ocorrência. Leonardo explicou que é agente de papiloscopia (servidor que analisa digitais humanas deixadas em locais de crime), que tinha concluído recentemente o curso da Academia de Polícia Civil e que estava fazendo estágio enquanto esperava a designação para uma unidade.

No atendimento, os policiais repararam que Leonardo estava alterado, e o Instituto Legal Médico apontou que o rapaz havia ingerido bebida alcoólica. A arma do crime foi encontrada na gaveta de um guarda-roupas da casa da família, que fica no bairro Boa Vista.

O jovem também comentou que o disparo aconteceu na cozinha, onde marca de tiro foi identificada, e que o sangue foi limpo pelos familiares. A Polícia Civil ainda vai investigar o caso.

Leonardo Matheus Carmello não ficou nem 24 horas preso. Após passar por audiência de custódia, o juiz decidiu que ele irá responder pelo homicídio em liberdade. O corpo de Maria Vitória Carmello foi velado nesta sexta-feira (17) em Botucatu.

Da Redação do ExpressoPB
Com Pragmatismo Político 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48