segunda, 27 de junho de 2022
SIGA-NOS

Professor de Mogeiro (PB), Linaldo Luiz de Oliveira recebe o título de Educador do Ano na 24ª edição do Prêmio Educador Nota 10



Publicado em sexta-feira, junho 17, 2022 · Comentar 

Cerimônia, realizada nesta sexta-feira (10), em São Paulo, homenageou os dez educadores que desenvolveram trabalhos pedagógicos de destaque no país 

Linaldo Luiz de Oliveira, de Mogeiro (PB), foi escolhido Educador do Ano da 24ª edição do Prêmio Educador Nota 10, maior e mais importante prêmio da Educação Básica brasileira. Também foram homenageados dez professores vencedores de todo o país, em cerimônia de premiação realizada na Sala São Paulo, das cidades de Aspásia (SP), Balneário Camboriú (SC), Iraquara (BA), Leopoldina (MG), Mogeiro (PB), Novo Hamburgo (RS), Porto Alegre (RS), São Bento (MA) e São Paulo (SP) – este com dois projetos.

Os trabalhos finalistas desta edição e dos anos anteriores podem ser conhecidos no site: https://premioeducadornota10.org/.

Linaldo Luiz de Oliveira é professor de Ciências da Natureza da Escola Municipal de Ensino Fundamental Iraci Rodrigues de Farias Melo, em Mogeiro (PB). Seu projeto, Um Ensaio Biocultural: O Saber da Minha Origem com “Dinamus” da Minha Geração, foi realizado por meio da sua criatividade para instigar seus alunos do 9º ano do Ensino Fundamental a investigar as raízes culturais em um local onde a caça é passada de geração em geração. Essa iniciativa tornou-se uma rica oportunidade de participação da família no processo de ensino e aprendizagem dos jovens.

Para promover a divulgação científica das descobertas, os alunos criaram “Pokémons” com base nos animais citados pelos caçadores. Cada um dos seres imaginados (que Linaldo chamou de ‘fakemons’), ilustrado por um desenho artístico, recebeu uma ficha técnica com informações ecológicas e bioculturais da espécie que o inspirou. O material foi divulgado pelas redes sociais e integrou um e-book. Para ampliar ainda mais os saberes dos estudantes, o professor convidou um acadêmico de referência da área de zoologia cultural para debater sobre as relações entre as pessoas e a natureza ao seu redor.

“Os dez projetos aqui apresentados não fecharam os olhos para a realidade e representam a diversidade de um Brasil que continua castigado pela desigualdade social. Os milhões de professores, que aqui representamos, se reinventaram no contexto de pandemia, continuaram firmes no propósito de garantir o direito à educação de qualidade para seus alunos e enfrentaram os desafios de incluir, conectar e aprender”, afirmou Linaldo pouco depois de receber o prêmio.

O Prêmio Educador Nota 10 foi criado em 1998 pela Fundação Victor Civita.

EVENTO

A cerimônia teve apresentação de Sandra Annenberg e contou ainda com pocket show exclusivo do cantor Lenine, com acompanhamento musical da Orquestra Jabaquara. O público ainda conheceu, por meio de mini documentários, os 10 projetos vencedores, escolhidos pela Academia de Selecionadores. Em função da alta nos números da pandemia da COVID, o número de convites para o evento foi reduzido em 50%, para a segurança dos convidados.

Em sua 24ª edição, o Educador Nota 10 recebeu quase 2500 inscrições de todos os estados do país. Cada vencedor recebeu um vale-presente de R$ 15 mil e uma assinatura da revista Nova Escola Digital. O Educador do Ano ganhou, além dos itens já citados, mais R$ 15 mil.

“Estou vibrando e me emocionando com o que cada um de vocês faz pela educação básica no Brasil. Nesse momento tão difícil, ver que vocês seguem firmes nos dá orgulho e esperança. Parabéns a todos! Obrigado aos parceiros, selecionadores, jurados e a todos que acompanham a Fundação Victor Civita na realização do Prêmio Educador Nota 10”, disse Victor Civita Neto, presidente da Fundação Victor Civita.

Durante a cerimônia, os 10 vencedores da 23ª edição também foram homenageados pelo público. Por conta da pandemia, o último evento aconteceu de forma 100% online, com transmissão ao vivo no Canal Futura, no Futura Play, no YouTube e no Facebook do Futura e da Globo, além do Globoplay.

“Nós, vencedores da 23ª edição, nos sentimos honrados em representar os educadores do nosso país que, mesmo em condições adversas, lutam para a construção de uma educação pública de qualidade. Que seja plural, abarcando todas as identidades, de forma democrática e transformadora”, disse Luiz Felipe Lins, Educador do Ano da última edição.

Assista ao evento completo no link: https://www.youtube.com/playlist?list=PL9_wg6wZIulYwU4B2fTG4n8lL8nK3fLN2.

Sobre a Fundação Victor Civita 

A Fundação Victor Civita foi criada em 1985 como uma das primeiras iniciativas brasileiras no campo social. Sua missão é valorizar o trabalho de professores e gestores, disseminando as melhores práticas da Educação Básica para auxiliar os educadores brasileiros a enfrentar os desafios de seu tempo. Em 1998, criou o Prêmio Educador Nota 10, o maior e mais importante prêmio da Educação Básica brasileira. Saiba mais em www.fvc.org.br.

Mais informações:  Prêmio Educador Nota 10 | Fundação Victor Civita

Da Redação do ExpressoPB
Com Assessoria 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48