quarta, 29 de junho de 2022
SIGA-NOS

Doenças causadas pelo fumo mataram 591 pessoas entre janeiro de 2021 e abril de 2022 na Paraíba



Publicado em terça-feira, junho 7, 2022 · Comentar 

Doenças associadas ao tabagismo mataram 591 pessoas na Paraíba no período de janeiro de 2021 a abril de 2022, segundo dados do Ministério da Saúde destacados pela diretora-técnica de Ciência e Tecnologia Médica e Correlatos da Agência Estadual de Vigilância Sanitária, Helena Teixeira de Lima Barbosa. Acompanhada do gerente-técnico de Inspeção e Avaliação de Produtos, Equipamentos e Tecnologias Médicas da Agevisa/PB, Emanuel Macedo, Helena proferiu palestra sobre os prejuízos do tabagismo à saúde humana e ao meio ambiente, na noite de terça-feira (31 de maio), na Escola Municipal de Ensino Fundamental Violeta Formiga, localizada no bairro de Mandacaru, em João Pessoa/PB.

Durante todo o dia 31 de maio (Dia Mundial de Combate ao Tabagismo), Helena Teixeira e Emanuel Macedo representaram a Agevisa em mobilizações e eventos destinados a esclarecer a sociedade sobre os malefícios do hábito de fumar e de consumir outros produtos derivados do fumo. Os perigos do cigarro eletrônico estiveram entre os principais assuntos destacados.

O dia começou com uma mobilização realizada na entrada do Shopping Tambiá, no Centro de João Pessoa/PB, que teve como foco central o alerta à população sobre as doenças e mortes evitáveis relacionadas ao tabagismo.

Promovido numa parceria que envolveu as Secretarias de Estado e Municipal da Saúde, a Agevisa/PB, a Sociedade Brasileira de Cardiologia/Regional Paraíba, a Liga Acadêmica de Cardiologia da Paraíba (Cardioliga/PB), a Liga Acadêmica de Cardiologia e Cirurgia Cardíaca (LACC) e a Faculdade Nova Esperança (Famene), o evento incluiu exposição de banners com informações sobre os malefícios do tabagismo, aferição de pressão arterial com orientações de saúde às pessoas presentes, orientações sobre o tratamento do tabagismo oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS), informações das Unidades de Saúde que ofertam o tratamento do tabagismo em João Pessoa e distribuição de material educativo/informativo sobre o tema Tabagismo.

Curso online – O Dia Mundial de Combate ao Tabagismo também foi marcado pela realização, no período da tarde, de curso online sobre o tema “Tabagismo; como proteger nossos jovens” promovido pela Secretaria de Estado da Saúde (SES/PB) e entidades parceiras (SPTP, AMPB e HULW/EBSERH). Destinado a médicos, enfermeiros e agentes comunitários de saúde, o curso correspondeu ao Módulo II da Capacitação em Saúde Respiratória na Atenção Primária.

Cigarro eletrônico – No período da noite, em palestra na Escola Municipal Violeta Formiga, em Mandacaru/JP, a diretora-técnica Helena Teixeira de Lima Barbosa, da Agevisa/PB, falou dos perigos dos cigarros eletrônicos à saúde humana. Tais produtos, segundo ela, foram introduzidos no comércio como alternativa ao uso dos cigarros convencionais, mas não há estudos que comprovem a eficiência desses dispositivos como auxiliares no processo de combate ao tabagismo, e muito menos sobre a segurança do uso dos mesmos.

Conforme acrescentou o gerente-técnico Emanuel Macedo, pesquisas apontam que esses dispositivos podem fazer muito mal à saúde, mesmo no caso das opções sem nicotina. “De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o vapor emitido pelos dispositivos eletrônicos para fumar pode causar ou aumentar as chances de infecções pulmonares (como enfisema pulmonar). Pode também causar dermatite, doenças cardiovasculares e até mesmo câncer”, enfatizou.

Da Redação do ExpressoPB
Com Assessoria 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48