segunda, 27 de junho de 2022
SIGA-NOS

Vindos do Nordeste, jovens empreendedores revolucionam a educação de São Paulo



Publicado em segunda-feira, junho 6, 2022 · Comentar 

Charles e Júlio, 22 e 24 anos respectivamente, montam um curso pré-vestibular e em pouquíssimo tempo, inserem grande número de alunos nas maiores e mais respeitadas universidades do país, como FGV E INSPER.  

Jovens nordestinos e empreendedores, se destacam por projeto inovador aplicado em São Paulo

O apartamento do jovem professor Charles, na época com 20 anos de idade, no bairro de Santo Amaro, foi a primeira sede da BNE_EDU. Eram 3 alunos: dois pagantes e um bolsista. Mal sabia ele que dentro de um mês o mundo iria parar, em decorrência da pandemia de Covid 19.

Mas o sonho, começado lá em Pernambuco, não iria estagnar assim. Começaram, então, as aulas on-line.

Nesses dois anos, vieram mais dois modestos endereços até chegar na sede atual, em um dos pontos mais caros da capital paulista, o bairro da Vila Olímpia.

Não é só a estrutura física da BNE_EDU que impressiona, mas a idade dos profissionais que ali atuam. No corpo docente não tem ninguém com mais de 24 anos de idade. No administrativo, o funcionário mais “idoso” tem 26, o Izaías, que trabalha na gráfica.

Mas o que chama a atenção mesmo é a autoridade acadêmica que todos eles possuem.

Hoje, a BNE-EDU, com menos de dois anos de existência, já contabiliza:

– 300 alunos aprovados;
– 5 em primeiro lugar;
– 75 % no número de aprovação do INSPER.

Júlio Coreolano – Cofundador BNE-EDU

Segundo Júlio Coreolano (24), cofundador da BNE_EDU, não há segredo, mas sim a facilidade de interagir com seus alunos. “Entendemos a forma de pensar, há uma sintonia, nos identificamos, identificamos suas dores e resolvemos o mais rápido possível”.

César Nitão –
Diretor Educacional – BNE_EDU

Para César Nitão (22), diretor educacional, a “BNE é o local de desenvolvimento, estamos formando aqui alunos que vão entrar nas maiores faculdades de negócio do país, e, consequentemente, sairão daqui os maiores executivos do Brasil, então temos o melhor time para atendê-los. São professores, monitores, assessores e coordenadores, que apesar da idade, são altamente qualificados, proporcionando um estudo direcionado e eficiente.

Os ambientes de estudo e também a sala de “descompressão” (uma sala com puffs coloridos, jogos de videogame, etc) são muito acolhedores. Os vestibulandos parecem estar num grande acampamento de férias.

Charles Coreolano – Fundador BNE_EDU

“Um dia uma mãe chegou querendo saber o que estava acontecendo com o filho dela, que não queria mais sair daqui”, lembra sorrindo, Charles Coreolano (22), fundador da BNE_Edu.“ Mais do que a grade curricular, nós nos preocupamos com o estado psicológico de cada um deles, entendemos que é muita pressão nesse momento”.

E é baseado nesse pensamento que acontecerá, no próximo dia 09 de junho, o AULÃO BNE_EDU, um evento que mais parece um show, num misto de aula e diversão – a última oportunidade de estudo antes do último vestibular do semestre (o do INSPER), que nessa segunda edição, em comemoração aos 100 anos da SEMANA DE ARTE MODERNA, acontecerá no MASP – Museu de ARTE de São Paulo.

Da Redação 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48