quinta, 30 de junho de 2022
SIGA-NOS

Policial Civil é morto a facadas durante assalto e instrutor da Shot é preso por engano como suspeito do crime em JP



Publicado em domingo, junho 5, 2022 · Comentar 

Policial Cívil vítima de latrocínio em JP

Um policial civil foi morto com golpes de faca na noite deste sábado (4), no bairro do Castelo Branco, em João Pessoa.

De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima foi identificada como Luiz Abrantes de Queiroz, 75 anos, policial civil aposentado. Ele estava em casa quando dois elementos chegaram e anunciaram um assalto, ambos estavam armados, um com uma faca e o outro com revolver.

A esposa da vítima informou a polícia que os elementos levaram objetos que estavam no cofre, o celular dela, o celular e o veículo da vítima.

A perícia afirma que a vítima levou um único golpe de faca no peito. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Agentes do SAMU constataram o óbito no local.

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito abandonou o veículo do policial na rodovia BR-230.

Prisão por engano de suspeito do homicídio

Segurança da empresa Shot lamenta prisão por engano

A polícia militar iniciou diligências imediatas para identificar os suspeitos do crime e mediante informações das testemunhas conseguiu abordar um homem com as características idênticas as descritas pelas testemunhas.

O segurança da empresa privada Shot foi detido, levado para a Central de Polícia, mas em seguida liberado.

Em entrevista na delegacia o homem chorou e lamentou o ocorrido.

Assista ao vídeo:

 

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Blog do Jota Notícias😊 (@blogdojotanoticiaspb)

Da Redação
Do ExpressoPB

 

 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48