domingo, 26 de junho de 2022
SIGA-NOS

Padre é afastado após acusação de fazer sexo com noivo que celebrou casamento



Publicado em sábado, junho 4, 2022 · Comentar 

Padre atuava na Igreja da Candelária, em Natal (RN); Arquidiocese afastou pároco durante apuração dos fatos(foto: Reprodução/Google Maps)

Uma série de áudios divulgados nessa sexta-feira, 3, mostra a discussão entre um casal e o padre que celebrou a união de ambos. O motivo da briga surpreende: o padre e o então noivo teriam mantido um relacionamento, em segredo, com encontros até mesmo a poucos dias da cerimônia. Após a divulgação do material, o padre Júlio Cezar Souza Cavalcante foi afastado pela Arquidiocese de Natal.

Ele atuava na paróquia de Nossa Senhora de Candelária, no Rio Grande do Norte, e deve continuar sem atuar na igreja até que as informações sejam apuradas pela arquidiocese. O nomes do marido e esposa envolvidos na questão não foram divulgados.

A conversa foi publicada nas redes sociais e se tornou um dos assuntos mais comentados na internet. A mulher, que diz ter a intenção de anular o casamento, confronta o padre após ter descoberto a infidelidade do esposo.

Outros casos de padres envoltos em escândalos 

Essa não é a primeira vez que padres aparecem envoltos a escândalos parecidos como este.

No final do ano passado, o ex-reitor do Santuário Basílica de Trindade (GO) e investigado por supostos desvios de dinheiro proveniente da doação de fiéis, o padre Robson de Oliveira Pereira, de 47 anos, admitiu, em áudio, que participava de esquema para burlar contratos e sabia do risco de ser preso pela polícia. “Sou o chefe da quadrilha”, diz ele, em um trecho.

O escândalo com o Padre Robson envolvia até chantagem de uma mulher por suposto envolvimento amoroso deste com ela.

Da Redação do ExpressoPB
Com informações de OPOVO

 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48