domingo, 26 de junho de 2022
SIGA-NOS

Paraíba vai criar Rede Hospitalar para atender casos suspeitos da Varíola dos Macacos



Publicado em quarta-feira, junho 1, 2022 · Comentar 

O Secretário Executivo de Saúde da Paraíba, Johny Bezerra, revelou nesta terça-feira (1º) que   vem se reunindo com gerentes de Hospitais Universitários da Paraíba e do Clementino Fraga  com  o objetivo é preparar a rede hospitalar para receber casos suspeitos da varíola dos Macacos.

Durante entrevista ao Programa Arapuan Verdade do Sistema Arapuan de Comunicação, Johny Bezerra falou ainda que o Governo do Estado está agindo de forma preventiva com adoção de medidas para prevenir a propagação do vírus na Paraíba.

Ele explica que a varíola dos macacos é uma parente da varíola, doença que foi erradicada em 1980, mas menos transmissível, causa sintomas mais leves e é menos mortal.

Ela geralmente dura de duas a quatro semanas e os sintomas podem aparecer de cinco a 21 dias após a infecção.

Os sintomas iniciais costumam ser:

febre
dor de cabeça
dores musculares
dor nas costas
gânglios (linfonodos) inchados
calafrios
exaustão
Como se proteger
O uso de máscaras, o distanciamento e a higienização das mãos são formas de evitar o contágio pela varíola dos macacos.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) reforçou a adoção dessas medidas, frisando que elas também servem para proteger contra a Covid-19.

“Tais medidas não farmacológicas, como o distanciamento físico sempre que possível, o uso de máscaras de proteção e a higienização frequente das mãos, têm o condão de proteger o indivíduo e a coletividade não apenas contra a Covid-19, mas também contra outras doenças”, disse a agência.

Fonte: Polêmica Paraíba com Paraíba.com

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48