terça, 17 de maio de 2022
SIGA-NOS

‘Inova Professor’ premia as cinco melhores práticas de inovação em escolas públicas paraibanas



Publicado em sexta-feira, maio 13, 2022 · Comentar 

O Prêmio ‘Inova Professor’, que reconhece as melhores práticas de inovação em escolas públicas paraibanas, premiou nesta quinta-feira (12) os cinco melhores projetos apresentados por professores de todo o estado. O evento que aconteceu no Cine São José, em Campina Grande, e reuniu centenas de profissionais da educação, premiou três dos sete projetos finalistas; dois deles receberam menções honrosas. A iniciativa do ‘Inova Professor’é do mandato do deputado estadual Chió (Rede). Os vencedores levaram uma premiação de R$ 50 mil, para o primeiro lugar; de R$ 30 mil, para o segundo e de R$ 20 mil para o terceiro colocado. Durante a cerimônia, o deputado resolveu premiar com a quantia de R$ 10 mil os projetos classificados como quarto e quinto Lugar – que nessa edição houve um empate em ambos. Os recursos são provenientes de emendas parlamentares do deputado Chió, totalizando R$ 140 mil. Ele explicou que, além da premiação, os projetos serão inseridos em um banco de práticas inovadoras para que o Brasil e o mundo compartilhem da criatividade dos nossos educadores.O primeiro lugar ficou com a professora Karina de Oliveira Azevedo, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor Nino, da cidade de Damião, com o projeto ‘Jovem Escritor’. O segundo lugar ficou com o professor Françuarly Santana dos Santos, da ECIT José Rocha Sobrinho, da cidade de Bananeiras, com o projeto ‘A Cara da Voz: Dublando, Cantando e Recriando’; e o terceiro lugar foi para a Escola Cidadã Integral Técnica José Bronzeado Sobrinho, da cidade de Remígio, com a professora Cristina Aparecida Barbosa de Lima e o projeto ‘Partilhas Agroecológicas’. Para o quarto e o quinto lugar houve um empate técnico. No quarto lugar ficou a professora Ana Maria Oliveira de Melo, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Macário Zulmiro da Silva, da cidade de Picuí, com o projeto ‘Círculo de Leitura: Construindo Inteligência Emocional’ e também com a professora Isabel Necy de Souto Ribeiro, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Severino Ramos da Nóbrega, da cidade Picuí, com o projeto ‘Teatro e Dança na Escola’. Dividiram o quinto lugar o professor George Pereira Brito, da Escola Cidadã Integral Técnica Maria do Socorro Ramalho Quirino, da cidade de Imaculada, com o projeto ‘Sustentabilizart: Um Movimento Artístico e Sustentável no Ambiente Escolar’ e a professora Danielle Maria da Silva, Professora Renata Henriques da Costa e Professor Cristian Vasquez Rivera, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Professora Claudina Mangueira de Moura, da cidade de João Pessoa, com o projeto ‘O Processo Criativo Em Língua Portuguesa Exige Muita Leitura, E Prática Na Escrita, Dos Gêneros Que Nos Propusermos A Produzir’. Compromisso – O deputado Chió defendeu mais investimentos na educação e reafirmou seu compromisso com o fortalecimento da área na Paraíba. “É algo que acredito muito, a educação. Não dá pra gente mudar a nossa sociedade sem ser pela educação. Se faz necessário e urgente que os nossos líderes levem a sério a educação. Hoje eu estou aqui graças a educação e isso me motiva a incentivar os paraibanos a estudar. E o ‘Inova Professor’ é uma dessas formas de incentivo. E o nosso mandato quer contribuir de alguma forma com a educação, por isso lançamos esse projeto premiados com recursos das emendas parlamentares. Parabéns a todos e vamos juntos construir uma educação cada vez melhor no nosso estado”, reforçou.De acordo com o deputado, que é embaixador do ‘Inova Professor’, a iniciativa tem como objetivo democratizar o acesso dos paraibanos às suas Emendas Parlamentares. “A educação mudou a minha vida, é a única arma que confio para transformar o futuro do nosso país. O prêmio tem se consolidado como um celeiro de talentos e de inovações que só demonstram o potencial dos nossos educadores e das nossas escolas. Essa é a melhor forma de aplicar nossas emendas, na educação”, ressaltou Chió.Presenças – Estiveram presentes no evento, a deputada estadual Rafaela Camaraense (PSB), a secretária Executiva de Juventude, Madú Ayá, e o secretário Executivo da Ciência e Tecnologia, Rubens Freire. Para este, o ‘Inova Professor’ é uma iniciativa que engrandece e fortalece a educação na Paraíba. “Um elemento profundo para mudança da sociedade é a educação e é em momentos como esse que temos esperança no fortalecimento da nossa educação. A emenda do deputado Chió é de extrema importância para esse fortalecimento. É muito bom ver essa iniciativa do deputado voltada para educação. Quero parabenizar o deputado e a todos os professores do estado e aos vencedores do ‘Inova Professor’”, destacou o secretário. A coordenadora do ‘Inova Professor’, Eloiza Lima, disse que a premiação encerra um ciclo de muito trabalho junto com professores de todo o estado. “Estamos felizes pelos resultados excepcionais que conseguimos na área da educação. Nossa meta é expandir esse projeto daqui para frente. Temos muita coisa boa na Paraíba e precisamos reforçar isso e descobrir novas ações que fortaleçam a nossa educação”, afirmou.  A Comissão Científica do prêmio é formada pelos professores Raimundo Lenilde (UFPI), Janinne Dias (UEPB), Djani Martinho (UFRN) e Eduardo Guimarães – Palestrante e Ativista da Educação.Homenagem – Durante a premiação aconteceu uma homenagem ao professor Jalon Arcanjo Soares (in memorian). Jalon faleceu abril de 2021 vítima da covid-19. A coordenadora Eloiza Lima homenageou os familiares do professor com um certificado de agradecimento pelo trabalho realizado em prol da educação na Paraíba. Estiveram presentes a mãe de Jalon, Maria das Dores Soares Arcanjo, a esposa Suely Diolina e os filhos Guilherme e Suellen Arcanjo. O prêmio – O ‘Inova Professor’ foi criado em 2021 pelo mandato parlamentar do deputado estadual Chió (Rede), com o objetivo de dar visibilidade a inovações realizadas em escolas públicas, e exaltar a criatividade dos professores paraibanos, que durante a pandemia por Covid-19 precisaram reinventar-se, para garantir a aprendizagem dos alunos. Lançado em Fevereiro de 2022, projetos de cidades como Pilões, Picuí, João Pessoa, Remígio, Esperança, Damião, Imaculada e Bananeiras estão concorrendo

Assessoria 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48