quarta, 18 de maio de 2022
SIGA-NOS

Intermediário da morte do ex-prefeito Expedito Pereira é preso no Rio Grande do Norte



Publicado em quinta-feira, maio 12, 2022 · Comentar 

Gean Carlos, acusado de ser um dos intermediários envolvidos no assassinato do ex-prefeito de Bayeux e ex-deputado estadual da Paraíba Expedito Pereira, foi preso na noite desta quarta-feira (11) em Natal, no município de Parnamirim, no Rio Grande do Norte.

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Polícia Civil potiguar e confirmada nesta quinta-feira pela Polícia Civil da Paraíba. O acusado estava foragido desde dezembro de 2020.

No dia 7 de abril, o 1º Tribunal do Júri da Comarca de João Pessoa, julgou os outros dois acusados de planejar e assassinar o ex-prefeito de Bayeux  Expedito Pereira. José Ricardo Alves, sobrinho de Expedito foi condenado a 20 anos de prisão, e Leon Nascimento a 24 anos.

Expedito Pereira foi assassinado quando caminhava perto de casa na Avenida Sapé, bairro de Manaíra, na capital paraibana, em 9 de dezembro do ano passado. Um homem em uma moto se aproximou e atirou nele, fugindo em seguida. A investigação da Polícia Civil concluiu que Ricardo Alves Pereira, sobrinho da vítima, foi quem articulou a morte do tio por dinheiro.

Da redação/ Com Wscom PB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48