domingo, 26 de junho de 2022
SIGA-NOS

Arthur Aguiar sobre rejeição de ex-colegas do BBB após vitória: ‘Acho que falta respeito, não fui eu que escolhi ganhar’



Publicado em sexta-feira, maio 6, 2022 · Comentar 

Arthur Aguiar, o grande vencedor do BBB 22, abriu o coração em uma entrevista ao Fantástico. Nossa equipe acompanhou a volta dele para casa, no interior de São Paulo. Lá, o campeão falou com a repórter Giuliana Girardi sobre rejeição e seus projetos daqui para frente.

Ao ser questionado sobre a rejeição de alguns colegas à sua vitória durante durante o programa BBB Dia 101, e sobre como se sentiu, Arthur afirma:

“Falta respeito mesmo com a pessoa, sabe? Cara, o jogo acabou, não fui eu que escolhi ganhar. É importante a gente saber perder e reconhecer a vitória do outro”.

Durante o programa, muita gente criticou Arthur por se fechar e sempre declarar que estava sozinho. A mulher dele, Maíra Cardi, explica o comportamento: “O Arthur tem uma história muito forte com rejeição desde a infância, e toda vez que se sente atacado, ele entra nesse casulo, que foi o que aconteceu com ele lá dentro do jogo”.

“É a rejeição, o abandono, o julgamento sem você ter feito nada. A minha mãe hoje é muito mais presente. Eu entendo o que ela tinha que trabalhar para caramba… E fiquei 18 anos sem ver meu pai. Ele e minha mãe tiveram uma briga e, 18 anos depois, eu me reencontro com ele, convivo com ele dois anos e ele morre. Aí as pessoas acabam me julgando de uma maneira errada. Elas não leram o livro, julgam ou pela capa ou por poucas folhas a que elas têm acesso”, conta o ator e cantor.

Antes do BBB, Arthur vinha enfrentando um período complicado. No confinamento, ele chegou a contar aos amigos que teve muito medo de ser eliminado no começo porque, ao ter seu nome especulado para participar do camarote, a escolha foi muito criticada por alguns nas redes sociais.

“Eu não era um participante normal, entrando no jogo zerado. Eu entrei muito no negativo, já entrei cancelado. Eu li uma coisa que me encorajou; a menina escreveu assim: ‘eu estou torcendo muito para o Arthur entrar, porque eu quero que o Brasil conheça o cara por quem eu me apaixonei e eu quero poder voltar a gostar dele sem sentir vergonha'”, relembra.

Da Redação 
Com G1/Fantástico

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48