sábado, 27 de novembro de 2021
SIGA-NOS

Após soltura, DJ Ivis apaga todas as fotos com Xand Avião



Publicado em segunda-feira, outubro 25, 2021 · Comentar 

Livre da prisão há três dias, Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, parece ter resolvido se atualizar de tudo o que aconteceu desde que foi preso em julho deste ano, ao ser acusado de agredir a ex-mulher, Pamella Holanda. O produtor e compositor resolveu fazer uma “limpa” em sua conta no Instagram e apagou todas as fotos que tinha com o cantor Xand do Avião e com os artistas do escritório Vybbe. Ivis também era do cast do escritório, mas foi demitido assim que o caso veio à tona.

Na época, Xand, proprietário da empresa, informou publicamente que o parceiro desde a época do Aviões do Forró tinha sido desligado. “Como todo mundo sabe, o DJ faz parte da Vybbe. Infelizmente, não tem como continuar com ele na nossa empresa. Não admito nem compactuo com nenhum tipo de violência, ainda mais com uma mulher. Nada explica, não tem explicação”, disse.

Por falar em rede social, após soltura, DJ Ivis já atingiu 1 milhão de seguidores no Instagram.

Liberdade

DJ Ivis foi solto na noite da última sexta-feira (22/10), por volta das 22h, após passar mais de três meses detido no Centro de Triagem e Observação Criminológica (CTOC), na Região Metropolitana de Fortaleza. A Vara Única da Comarca de Eusébio concedeu liberdade ao artista no fim da tarde.

A liberdade do produtor e compositor só foi concedida após o sétimo pedido de habeas corpus apresentado pela defesa. O último negado foi dado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, em 31 de agosto.

“Pacífico é o entendimento desta Corte no sentido de que constitui fundamento idôneo à decretação da custódia cautelar a necessidade de resguardar a integridade física e psicológica da vítima que se encontra em situação de violência doméstica, como é o presente caso”, destacou a decisão do STF.

Desde que o caso foi divulgado, DJ Ivis perdeu, além do contrato com a gravadora Sony e com a produtora Vybbe, parcerias com músicos, e teve as músicas excluídas dos aplicativos mais populares.

Da redação/ Com Metrópoles

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48