sábado, 27 de novembro de 2021
SIGA-NOS

Bolsonaro sobre medidas para crise hídrica: “Eu liguei pra São Pedro”



Publicado em segunda-feira, outubro 11, 2021 · Comentar 

Questionado pela imprensa em Guarujá sobre medidas tomadas com relação à crise hídrica no país, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) respondeu: “Eu liguei para São Pedro”. Sob chuva, o mandatário passa o feriado prolongado de Nossa Senhora Aparecida no litoral paulista. Ele não tem agenda oficial nos dias que passa na região.

Na entrevista concedida nesta segunda-feira (11/10), o presidente comentou que “todo mundo” está sofrendo com a crise hidrológica, ressaltando que ela é a pior dos últimos 90 anos. Ele colocou ainda que a crise foi acompanhada pela inflação, a qual ele colocou na conta de medidas de restrição de circulação adotadas durante a pandemia.

“Nós estamos na maior crise — quer dizer, acabou, né, praticamente — a maior crise hidrológica dos últimos 90 anos, todo mundo estava sofrendo com isso, veio inflação atrás, a energia cara. Agora, isso tudo veio daquela política que vocês apoiaram da imprensa: ‘Fica em casa que a economia a gente vê depois’.”

Desde o início de setembro, está em vigor a “bandeira de escassez hídrica”. Até então, a bandeira vermelha patamar 2 era a mais cara do sistema. Em vigor desde junho, a tarifa já tinha acréscimo de R$ 9,49 a cada kWh na conta mensal. Agora, a nova bandeira tem alta de 49,63% em relação à bandeira vermelha patamar 2.

A bandeira deve durar até 30 de abril do próximo ano. Antes, a revisão do sistema de bandeira era feita mensalmente.

Bolsonaro em Guarujá

Bolsonaro chegou à Baixada Santista na noite de sexta-feira (8/10), depois de participar da 1ª Feira Brasileira do Nióbio, em Campinas (SP).

Como de costume, o presidente está hospedado na instalação militar do Forte dos Andradas. A expectativa é a de que o presidente passe o feriado prolongado no litoral e só retorne a Brasília na terça (12/10) ou quarta-feira (13/10). Bolsonaro não tem compromissos oficiais para os próximos dias. Ele está acompanhado de alguns assessores e de dois dos cinco filhos: o vereador Carlos e a filha Laura.

No sábado (9/10), o mandatário saiu de carro da instalação militar e fez a travessia entre Guarujá e Santos de balsa, onde tirou fotos com apoiadores. De Santos, ele seguiu para Peruíbe, onde foi até a feira montada em frente à rodoviária da cidade e comeu pastel com caldo de cana.

No passeio pela cidade, o presidente causou aglomerações e tirou fotos com apoiadores. Nas imagens compartilhadas pelas redes sociais, ele não aparece de máscara em nenhum momento. A prefeitura de Peruíbe o multou em R$ 500 por não usar o equipamento facial.

Da redação/ Com Metrópoles

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48