terça, 21 de setembro de 2021
SIGA-NOS

Caso Anielle Teixeira: suspeito deverá ir para PB1; autópsia do corpo é iniciada



Publicado em quinta-feira, setembro 9, 2021 · Comentar 

Após ter a prisão preventiva mantida, definida em audiência de custódia nesta quinta-feira (9), José Alex Silva, suspeito de matar a garotinha Anielle Teixeira, de 11 anos, deve ser encaminhado para a Penitenciária de Segurança Máxima Doutor Romeu Gonçalves de Abrantes, intitulada por PB1.

O encaminhamento à penitenciária, segundo as autoridades responsáveis, seguirá no sentido de tentar manter a integridade física de José, tendo em vista que o PB1 é tido como uma instituição de segurança máxima.

O suspeito deve ser submetido ao exame de corpo de delito presencial, no Instituto de Polícia Científica (IPC), antes de entrar no PB1.

Autópsia

O corpo da vítima, que foi encontrado vestindo apenas a blusa, começou a passar pela autópsia na manhã desta quinta-feira (9), pois precisou ser congelado por 24h, devido ao avançado estado de decomposição.

Entenda o caso

Anielle sumiu da região da Orla de Cabo Branco, em João Pessoa, no último domingo (5), quando saiu de bicicleta com um homem.

Somente nas primeiras horas da quarta-feira (8) seu corpo foi encontrado em um matagal no Bairro de Miramar, também na capital.

O suspeito do crime foi preso em Pernambuco, para onde fugiu, ainda na quarta-feira. Ele chegou a confessar ter matado a criança por esganadura, mas negou abuso sexual.

Da redação/ Com Paraíba Online

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48