segunda, 02 de agosto de 2021
SIGA-NOS

Mulher é atacada pelo ex-companheiro com facão e leva quase 100 pontos no pescoço e rosto



Publicado em quarta-feira, julho 14, 2021 · Comentar 

Uma mulher ficou gravemente ferida após ser atacada pelo ex-companheiro a golpes de facão na cidade de João Pessoa.

O crime ocorreu no dia 4 de junho, quando o homem chegou na casa da vítima com um facão e desferiu vários golpes que atingiram o pescoço e o rosto da mulher. A filha dela tentou defender a mãe e também acabou sendo atingida com um golpe na orelha.

A mulher conseguiu correr para fora da residência e pedir ajuda aos vizinhos. Um homem usou uma camisa para estancar o sangue e a vítima foi socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, junto com a filha.

A mulher precisou levar quase 100 pontos no pescoço e no rosro e após passar alguns dias internada, recebeu alta médica. A filha também teve a orelha suturada.

A dona de casa contou durante entrevista à TV Correio, nesta quarta-feira (14), que viveu com o homem por cerca de dois anos e que devido as constantes brigas existentes no relacionamento, resolveu se separar.

Segundo a vítima, o homem permaneceu na casa por alguns dias e começou a andar com uma faca na cintura, tentando intimidar a companheira.

Na última briga, antes de sair de casa, a mulher disse que ele quebrou vários móveis, fez várias ameaças e saiu acusando a companheira de traição. No dia seguinte ele teria voltado com o facão e atacado a ex-companheira.

O caso foi registrado na Delegacia da Mulher, o homem chegou a ser intimado para depor, mas segundo a vítima ele não compareceu e segue foragido.

A mulher que não quis se identificar com  medo que o ex-companheiro volte e o pior aconteça, se mudou da casa onde morava com a filha e as duas vivem amedrontadas e sem sossego. “Ele tá solto por aí e pode voltar e fazer o que ele veio a primeira vez. Ele deu a facada no meu pescoço, pra me matar, e ele não pode continuar solto”, destacou.


Suspeito

A vítima pede que quem tiver alguma informação que possa levar ao paradeiro do homem que entre em contato com a Polícia Civil através do número 197. A ligação é anônima e sigilosa.

Da Redação 
Com Notícia Paraíba 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48