domingo, 01 de agosto de 2021
SIGA-NOS

Doação de órgãos caiu em mais de 50% durante pandemia na Paraíba; vítimas de Covid-19 não podem ser doadores



Publicado em quinta-feira, julho 1, 2021 · Comentar 

A pandemia de Covid-19 acabou refletindo também nos transplantes de órgãos na Paraíba, que caíram drasticamente no ano passado. Enquanto em 2019, período pré-pandemia, foram realizados 201 transplantes, em 2020 esse número caiu para 73. Em 2021, houve uma melhora nos números, e até essa quarta-feira (30), 95 transplantes haviam sido realizados. Os dados foram enviados ao ClickPB pela Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba (SES-PB).

A maior parte dos transplantes continua sendo de córneas, mas também são realizados no estado transplantes de medula, fígado, coração e rins intervivos ou de cadáveres.

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, explicou as vítimas de Covid-19 não podem doar nenhum órgão, nem mesmo córneas. Segundo ele, mesmo quem morre pelas consequências da doença, mas não está mais na fase contagiosa, também não pode doar. ”A doença deixa uma inflamação nos órgãos”, afirmou o secretário.

Uma questão que atrapalha os transplantes é o receio do contágio. O secretário contou que os transplantes de coração, por exemplo, foram suspensos, porque se um paciente recém-transplantado de coração contrair a covid-19, a doença é potencialmente fatal. Outros tipos de transplante, porém, apresentam menor risco.

Da redação/ Com Click PB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48