sexta, 24 de setembro de 2021
SIGA-NOS

Mãe da ex-mulher de Lázaro disse a policial que investigado por série de crimes ‘não fez mal a ninguém’; vídeo



Publicado em segunda-feira, junho 28, 2021 · Comentar 

Casa da mãe de ex-mulher de Lázaro, onde polícia fez buscas, em Águas Lindas de Goiás — Foto: Giovana Dourado/TV Anhanguera

Mãe da ex-mulher de Lázaro disse a policial que ele não tinha cometido nenhum crime

A mãe da ex-mulher de Lázaro Barbosa, suspeito de uma chacina em Ceilândia, disse a policiais que o homem não tinha cometido nenhum crime. Ele foi baleado nesta segunda-feira (28) em confronto com a polícia e acabou morrendo, em Águas Lindas de Goiás. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal de Goiânia e o reconhecimento foi feito pelas digitais.

Os policiais fizeram buscas na casa dela nesta madrugada atrás do foragido. Aos agentes, a mulher, que não teve a identidade divulgada, fala que Lázaro não é perigoso.

“Não está fazendo mal nenhum. Não fez mal a ninguém”, disse.

Os policiais, então, rebatem a afirmação, dizendo que ele tinha, sim, cometido crimes. “Ele matou três pessoas, matou três homens depois”, falou um homem.

A ex-mulher de Lázaro chegou a ser levada nesta manhã para a delegacia de Águas Lindas de Goiás. Ela chegou sem algemas e escoltada por policiais. Após quase 1h na unidade, ela deixou o local.

A polícia investiga se elas faziam parte da rede que protegia Lázaro e ajudava na fuga. Além delas, um fazendeiro e um caseiro foram presos suspeito de apoio ao fugitivo. Em audiência de custódia, o funcionário foi solto, mas o dono da propriedade segue preso.

Lázaro foi localizado em uma área de mata a cerca de 4 km da casa onde a polícia fez buscas.

Em entrevista coletiva, o secretário afirmou ainda que Lázaro tinha R$ 4,4 mil no bolso quando foi encontrado pelos policiais.

O procurado foi atingido por vários tiros. Após ser baleado, ele foi levado por uma viatura do Corpo de Bombeiros para o Hospital Municipal Bom Jesus, mas morreu. Um vídeo mostra quando Lázaro chega na unidade de saúde.

Lázaro Barbosa morreu após confronto com a polícia — Foto: Reprodução
Lázaro Barbosa morreu após confronto com a polícia — Foto: Reprodução

Busca durou 20 dias

Enquanto fugiu por esses dias, Lázaro invadiu ao menos 11 fazendas, baleou moradores, um policial militar e um oficial da Força Aérea Brasileira (FAB).

Além disso, Lázaro fez uma família refém – o casal e uma adolescente de 16 anos. Durante o sequestro, as vítimas contaram que o criminoso exigiu que eles andassem em córrego para não deixar rastros. Imagens registraram quando a polícia encontrou os três…

Drones, helicópteros, rádios comunicadores e até um caminhão que tem plataforma de observação elevada de vídeo monitoramento ajudavam na procura. As autoridades policiais informaram que ele tinha facilidade de se esconder por ser mateiro, caçador e conhecer bem a região.

VÍDEO: Lázaro Barbosa é levado para ambulância após ser capturado

Condenado por assassinatos e estupros, o fugitivo da Justiça era procurado por uma série de crimes na Bahia, no Distrito Federal e em Goiás. Com conhecimento de mata, Lázaro sabia se disfarçar em vegetações e fugia por rios para não deixar rastros.

Da redação/ Com G1 Goiás

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48