domingo, 01 de agosto de 2021
SIGA-NOS

Nilvan ataca produção do seu programa de TV e Sindicato dos Jornalistas o acusa de assédio moral



Publicado em sexta-feira, junho 18, 2021 · Comentar 

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba repudiou, nesta quarta-feira (17), o que chamou de ‘assédio’ do apresentador Nilvan Ferreira, da TV Correio, contra a equipe de produção do programa Correio Verdade, após reclamação que o comunicador fez ao vivo à direção do programa.

Ontem, o apresentador fez críticas à direção do programa após suposta interrupção de comentário que ele fazia contra medidas restritivas no comércio da Paraíba, impostas por meio de decretos, em decorrência da pandemia.  Ele citou nominalmente a diretora do Correio Verdade, a jornalista Cristina Cavalcante.

Leia também: Ataque de fúria: Radialista dispara contra gestão de AG em Mari após pai ter estabelecimento roubado

“O assédio moral cometido despropositada e gratuitamente pelo radialista/político demonstra arrogância, falta de ética e senso de companheirismo. É lamentável que um apresentador, que é parte da equipe e não mais importante que ela, não tenha pudor de externar uma postura deplorável, desqualificando os esforços de quem atua nos bastidores para tornar possível a realização do programa”, diz o Sindicato em nota.

Ao dirigir críticas à produção do programa, ontem, Nilvan Ferreira disse que havia sido interrompido três vezes em edições do programa, em situações semelhantes e deixou no ar a existência de uma possível censura aos seus comentários. “Se estiverem fazendo isso,  eu me retiro e vou para casa, que eu não sou palhaço. Isso é muito ruim, a gente atrapalhar o comentário quando não tem matéria pronta”, disse.

Leia, a seguir, nota do Sindicato dos Jornalistas da Paraíba

FEDERAÇÃO NACIONAL DOS JORNALISTAS
SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DO ESTADO DA PARAÍBA

NOTA DE REPÚDIO

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba vem a público repudir com veemência a atitude do apresentador de televisão e candidato derrotado à Prefeitura de João Pessoa, Nilvan Ferreira, que desrespeitou toda uma equipe de produção da TV Correio, onde ele trabalha, durante o programa Correio Verdade, desta quarta-feira, 16.

O assédio moral cometido despropositada e gratuitamente pelo radialista/político demonstra arrogância, falta de ética e senso de companheirismo. É lamentável que um apresentador, que é parte da equipe e não mais importante que ela, não tenha pudor de externar uma postura deplorável, desqualificando os esforços de quem atua nos bastidores para tornar possível a realização do programa.

O que muitos não sabem é que os veículos de Comunicação e principalmente o Correio da Paraíba têm promovido demissões em massa e obrigado aqueles que permanecem a exercer cargas horárias extensas e sem remuneração adicional. Na prática, os remanescentes trabalham por si e pelos outros que foram dispensados.

Prestamos aqui nossa solidariedade aos profissionais valorosos e capacitados atingidos injustamente pelo apresentador e aprendiz de político. Entendemos as dificuldades impostas pela empresa e reconhecemos as frágeis condições de trabalho oferecidas aos jornalistas do Sistema Correio. Lutamos para que essa situação seja superada.

A DIRETORIA

Da Redação 
Com Polêmica Paraíba

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48