domingo, 24 de janeiro de 2021
SIGA-NOS

Segunda onda da Covid-19 se agrava e Europa decreta novos lockdowns



Publicado em quinta-feira, dezembro 17, 2020 · Comentar 

Vários países europeus estão retomando os lockdowns por causa da segunda onda de casos de coronavírus. Com mais de 20.000 infecções por dia, a Alemanha, principal economia da Europa, fechou o comércio e as escolas a partir dessa quarta-feira (16), medida que já havia sido tomada para bares e restaurantes. Supermercados, farmácias e bancos continuarão abertos. O lockdown vai até o dia 10 de janeiro.

Na Holanda o lockdown teve início na segunda-feira (14) e deve ir até o dia 19 de janeiro. Aulas estão suspensas. Também continuarão fechados os estabelecimentos considerados não essenciais, como academias de ginásticas, lojas e museus. “Temos que engolir essa maçã azeda até que as coias melhores”, disse o primeiro-ministro Mark Rutte em um pronunciamento à nação na segunda-feira (14).

A Dinamarca havia decretado em lockdown em várias províncias, medida que agora vale para todo o país, onde as estatísticas apontam mais de 3.000 novos casos por dia.

A República Checa teve 2.000 novos casos de coronavírus registrados no último domingo (13), o dobro de duas semanas atrás. Hotéis, restaurantes e academias de ginástica a partir desta sexta-feira (18).

Na Itália, o governo estuda fechar, entre o dia 24 de dezembro e 2 de janeiro, lojas, bares e restaurantes. Nos dias 24 e 25, já estão proibidos os deslocamentos entre as províncias.

Da Redação 
Com Brasil 247

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48