sábado, 16 de janeiro de 2021
SIGA-NOS

Ex-governador de Sergipe morre devido a complicações cardíacas



Publicado em quarta-feira, novembro 25, 2020 · Comentar 

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) – João Alves Filho, ex-governador de Sergipe, morreu na noite desta terça-feira (24). Ele tinha 79 anos e estava lutando para se recuperar de uma parada cardíaca, sofrida no dia 18 de novembro. Mas o quadro piorou depois que ele pegou Covid-19. A morte foi divulgada pela família.

João Alves tinha um quadro avançado de Alzheimer e foi internado em estado grave no Hospital Sírio Libanês, em Brasília, na semana passada, por causa da parada cardíaca.

Depois que foi identificada a infecção pelo novo coronavírus, a família disse que o quadro de saúde era “clinicamente irreversível”. Ele estava com as funções renais paralisadas e sedado, respirando com ajuda de aparelhos.

O corpo de João será cremado no Cemitério Jardim Metropolitano, em Valparaíso de Goiás, a 40 minutos de Brasília. O ex-governador deixa a esposa e senadora Maria do Carmo Alves (DEM) e 3 filhos.

João Alves Filho assumiu a prefeitura de Aracaju em 1975, como prefeito biônico, de forma indireta, apoiando a Ditadura Militar. Foi ministro do Interior do Brasil, entre os anos de 1987 a 1990. Depois governou o estado de Sergipe por três mandatos (1983 a 1986, 1991 a 1994 e 2003 a 2006).

Em 2012, João foi eleito prefeito de Aracaju, exercendo a função de 2013 a 2016. Diante desse histórico, o atual governador do estado, Belivaldo Chagas (PSD), decretou luto oficial de 3 dias.

Da redação/ Com Paraíba Online

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48