quarta, 28 de outubro de 2020
SIGA-NOS

Em plena pandemia, Câmara de Montadas aprova reajuste nos salários dos próprios vereadores para R$ 5,5 mi e do prefeito para R$ 16 mil



Publicado em quarta-feira, outubro 7, 2020 · Comentar 

Em plena pandemia, em meio as altas taxas de desemprego e crise econômica, a mesa diretora da Câmara de Vereadores de Montadas – cidade que tem pouco mais de 5,7 mil moradores- , aprovou e promulgou, por maioria de votos, o Projeto de Lei (PL) nº 092, de 25 de setembro de 2020, que reajusta os salários do prefeito, vice, parlamentares mirins e de todos os que ocupam cargos de natureza política na cidade. A votação foi realizada na última segunda-feira (5).

O reajuste começa a valer na próxima legislatura, a partir de 2021.

No argumento usado para justificar a aprovação, a Mesa Diretora destacou a estimativa do Banco Central do Brasil de que haverá taxa de crescimento acima da média do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no período de 2021 a 2024.

O aumento salarial dos políticos da cidade foi repudiado pela população. Nas redes sociais da Câmara, críticas e comentários contrários a atitude dos vereadores foram registradas.

Segundo informações obtidas pelo ClickPB, o PL que foi enviado de última hora, garantiu um subsídio mensal de R$ 16 mil para o prefeito, R$ 8 mil para o vice e, R$ 5,5 mensais a secretário municipal, procurador-geral e diretor presidente do Instituto de Previdência Municipal. Secretário municipal adjunto e procurador adjunto, passam a receber R$ 4 mil.

Confira na íntegra a sessão da leitura do PL aprovado e promulgado pela Câmara de Vereadores aqui

Da redação/ Com Click PB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48