segunda, 21 de setembro de 2020
SIGA-NOS

Compensa fazer a portabilidade de financiamento imobiliário em João Pessoa?



Publicado em segunda-feira, julho 13, 2020 · Comentar 

Crédito: Pixabay

Economizar dinheiro é sempre algo bom e que traz inúmeras vantagens para a pessoa, sendo que ela poderá investir o valor que sobrar em outras coisas, como começar a estudar, gastar o dinheiro para melhorar a sua qualidade de vida, investir o capital em algum investimento,  dentre muitas outras coisas. A compra de imóveis em João Pessoa é um verdadeiro mistério para uma porção de pessoas, que não sabem o que fazer quando a parcela do apartamento está muito pesada. Nesse intuito, a nossa equipe decidiu escrever sobre a portabilidade de financiamento imobiliário, que nada mais é do que a possibilidade de mudar o banco responsável pelo seu financiamento, quando você achar vantajoso.

Como nem tudo são flores e muita armadilha pode estar escondida para você no caminho, é preciso saber no que exatamente consistirá em fazer essa portabilidade. Muitas coisas podem estar escondidas e você nem perceber, deixando o negócio extremamente desvantajoso no seu caso. Mas, com certeza a portabilidade do financiamento pode ser um ótimo negócio. Dependerá muito de caso para caso, sendo possível economizar uma grande quantia no final. Entretanto, nem sempre essa é uma troca que vale a pena, por isso a importância de analisar muito bem todas as variáveis.

Com a queda que ouve da taxa Selic, a maioria dos bancos diminuíram as taxas de juros, porém, cada um deles o fez de maneira diferente. Assim, caso você tenha tentado renegociar com o seu próprio banco num primeiro momento e não tenha conseguido, possivelmente achará algum que aceite, tendo assim que fazer a portabilidade do financiamento. Mas, de novo, é preciso ver se as condições no novo banco lhe serão favoráveis, além de atender as suas expectativas quanto aos seus apartamentos e terrenos à venda em João Pessoa arrematados.

Saiba o quanto você irá economizar

Para saber o quão vantajosa será a portabilidade no seu caso específico, o ideal é você colocar num papel tudo aquilo que será economizado. Você precisa descobrir se todo esse processo, irá valer a pena no final. Já que você está trocando de banco no seu contrato, é bom saber o valor economizado por mês e também o valor total que deixará de ser gasto por você lá na frente. Dando um exemplo simples: se você deixa de pagar 200 reais todos os meses, e levando em conta que ainda faltam vinte e cinco anos para acabar o seu financiamento, no final você terá economizado um montante de sessenta mil reais.

Com esse dinheiro, a maioria dos brasileiros conseguiria fazer uma porção de coisas. Bastase planejar e ter cabeça, o que muitos não têm, infelizmente. Ao contrário, por estar sobrando mais dinheiro, a pessoa se sente livre e acaba fazendo compras que não poderá quitar no final. Assim, ter feito a portabilidade não adiantará de nada, porque a pessoa não soube conduzir o dinheiro que sobrava. Por isso, é bom fazer um planejamento financeiro do dinheiro que irá sobrar, assim você saberá para que irá usá-lo. Esse planejamento é importante, já que a economia pode virar despesa em pouquíssimo tempo.

Não gastar todo o mês, o que já se estava acostumado a gastar antes, significa que você terá uma sobra de capital. Ela pode ser usada para coisas produtivas para a sua vida, como fazer um curso, por exemplo, dando para fazer muitas outras coisas, como viajar, realizar algum sonho do seu filho, investir no seu negócio, ou até tentar dar uma olhada nas casas para vender em João Pessoa da sua região e comprar alguma. É importante pensar bem e gastar esse dinheiro de maneira responsável, já que fazer a portabilidade de um financiamento não é algo simples.

Não considere apenas a taxa

Existem muitas variáveis a serem consideradas na ocasião de fazer uma portabilidade de financiamento imobiliário. Afinal, casa situação pessoal requererá um tipo de negociação, vai depender muito das expectativas da pessoa e do porquê ela decidiu partir para esse processo. Nesse enleio, é certo dizer que o fator que as pessoas mais levam em consideração, são as taxas de juros adotada pelo novo banco. Tudo bem, ela é sim importante, mas não é a única coisa, sendo que muita gente se esquece de analisar outras questões.

É preciso entender o motivo de você querer fazer a portabilidade, porque a troca do banco pode inferir tanto na diminuição do prazo do financiamento, no valor final do imóvel, ou ainda no valor das parcelas que deverão serem pagas. E cada banco com as suas taxas pessoais, pode lhe proporcionar uma dessas situações, por isso a necessidade de pesquisar muito bem as opções, entendendo assim o que cada instituição lhe podeproporcionar. Aí quando você tiver todas essas informações, caberá a você se decidir pelo melhor banco.

Preste atenção nas taxas ocultas

Por vezes, algo que parece ser bom, pode não ser bem aquilo. Por exemplo, é possível encontrar um banco que ofereça taxas mais baixas, mas que ao mesmo tempo tenha tarifas e seguros num valor superior, o que de toda a forma transformará o seu financiamento em algo mais caro. O que é o exato oposto da sua pretensão, provavelmente, visto que a portabilidade de financiamento imobiliário, é procurada por quem deseja diminuir o valor pago.

Além disso, existem algumas situações não necessariamente financeiras, que podem ser requisitadas pelo banco, afim de melhorar as suas condições no contrato. Um exemplo é ele requisitar a portabilidade do seu salário. Existem muitas coisas que podem acontecer no processo, que podem te dar muita dor de cabeça. Por isso, saiba exatamente quais serão as condições de pagamento, sem deixar nenhum detalhe escapar.

Para você que curtiu o nosso artigo, sobre se compensa ou não fazer a portabilidade de um financiamento imobiliário, fica aqui o nosso convite para voltar ao nosso site e ler mais alguns dos nossos posts. Você não irá se arrepender!

Da Redação 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48