quarta, 15 de julho de 2020
SIGA-NOS

Aparecimento de gafanhotos chama atenção de moradores de Paulista, no Grande Recife



Publicado em segunda-feira, junho 29, 2020 · Comentar 

Dezenas de gafanhotos apareceram em casas de Paulista, no Grande Recife, e chamaram atenção de moradores. Os bichos, de acordo com os moradores, começaram a aparecer na manhã da quinta-feira (25) em casas da Rua Vista Alegre, no centro da cidade.

A cerimonialista e lutadora de jiu-jitsu Denize Cássia, de 33 anos, mora em uma das casa da rua há cinco anos. Ela contou que nunca viu isso acontecer.

“Por volta de 11h40 a gente começou a perceber pelas paredes das casas, em canteiros e em algumas plantas. Eu moro aqui há cinco anos e nunca vi isso. Minha vizinha mora há 50 anos e também nunca percebeu nada. Ficou todo mundo assustado”, disse.

A preocupação dos moradores é que os gafanhotos tenham a ver com a nuvem formada pelos insetos que apareceu na Argentina. O pesquisador Marco Aurélio, do Departamento de Biologia da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), especialista em entomologia e combate a pragas, descartou essa possibilidade.

Moradores de Paulista, no Grande Recife, ficaram assustados com o aparecimento de gafanhotos — Foto: Reprodução/WhatsApp
Moradores de Paulista, no Grande Recife, ficaram assustados com o aparecimento de gafanhotos — Foto: Reprodução/WhatsApp

Ele explicou que os gafanhotos que apareceram em Paulista e em outras cidades de Pernambuco como Carpina, na Zona da Mata Norte, são da espécie Tropidacris collaris. O adulto é conhecido como gafanhoto gigante ou tucura. “Ele passa por vários estágios, na forma imatura, até chegar à fase adulta, quando ganha a coloração verde”, destacou.

De acordo com o pesquisador, a espécie é comum na região e não tem qualquer relação com a nuvem de gafanhotos da Argentina, que são da espécie Schistocerca cancellata.

“São espécies diferentes. Esse que está aparecendo aqui tem uma fase gregária, a fase jovem, quando ficam juntos, mas na fase adulta ficam isolados. Eles também não migram. Os da Argentina são gregários na fase adulta, ficam juntos e quando atingem plantações voam bastante, fazem migração e se alimentando de várias culturas”, detalhou.

Invasão em Carpina

Na sexta-feira (26), gafanhotos “invadiram” um condomínio localizado em Carpina, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Os bichos, de acordo com moradores, tomaram conta do jardim e comeram as plantas (veja vídeo acima).

Vídeos enviados para o WhatsApp da TV Globo mostram os gafanhotos no Condomínio Vale dos Tamarindos. O conjunto fica na BR-408, perto do shopping da cidade.

Dona de uma das residências, a empresária Isabel Cristina Fragoso contou que voltou para casa para almoçar e se deparou com os bichos.

“Moro há mais de oito anos aqui. E nunca vi isso. Pesei que eram folhas”, declarou. Isabel disse, ainda, que os animais invadiram o jardim e comeram plantas.

Nuvem de gafanhotos na Argentina

Na sexta-feira (26),após dias sem saber a localização exata da nuvem de gafanhotos, o Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar da Argentina (Senasa) informou que “achou” onde a praga se encontra no país. De acordo com o boletim do órgão, os insetos estão a 90 km a oeste da cidade de Curuzú Cuatiá.

Na quinta-feira (25), segundo o Grupo Técnico de Gafanhotos do Comitê de Sanidade Vegetal (Cosave), uma reunião para analisar a situação foi realizada com participação de Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai.

O Ministério da Agricultura brasileiro afirmou que o monitoramento feito pelo governo indica que “até o momento, estão mantidas as previsões sobre a rota da nuvem de gafanhotos, que não entrou em território brasileiro”.

“De acordo com os dados meteorológicos para a Região Sul do Brasil, previstos para os próximos dias, é pouco provável – até o presente momento – que a nuvem avance em território nacional. Caso isso ocorra, será feito um monitoramento interno para o acompanhamento da evolução do evento.”

Da redação/ Com G1 Pernambuco

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48