quinta, 15 de abril de 2021
SIGA-NOS

Sistema de Saúde do Ceará entra em colapso e fila de espera já chega a 48 pacientes



Publicado em quinta-feira, abril 16, 2020 · Comentar 

Coveiros usando trajes de proteção carregam caixão (REUTERS/Amanda Perobelli)

A secretária executiva de Vigilância da Secretaria de Saúde (Sesa) do Ceará, Magda Almeida, informou nesta quinta-feira (16) que 100% dos leitos das Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) reservados para pacientes com coronavírus estão ocupados.

Além de ter entrado em colapso, o sistema de saúde do Ceará já notificou 48 pacientes de coronavírus em estado grave na fila de espera por uma vaga na UTI.

Segundo Magda, é o perfil de maior gravidade de pacientes com Covid-19 que demanda as estruturas especializadas. Cada paciente fica, em média, de 7 a 14 nesses leitos.

“A pressão assistencial, independente dos números, é muito grande sobre os leitos de UTI porque não conseguimos abrir todos os 800 leitos que a gente projetava. Nossos respiradores não foram entregues, e estamos com muitos problemas em relação a isso. Nesse momento, apesar de não estarmos no pico esperado da epidemia, estamos com leitos de UTI em ocupação máxima”, explica Magda.

O cenário é de alerta porque, pelas projeções matemáticas utilizadas pela pasta, a ocupação das UTIs foi atingida uma semana antes do esperado. “Se pegarmos todos esses modelos, nossos números reais estão sempre um pouquinho maiores do que o computador calculou, e isso acaba preocupando a gente”, afirma Magda.

Avanço do coronavírus

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 13h45 desta quinta-feira (16), 29.214 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 1.769 mortes.

No Ceará, o número de casos confirmados chegou hoje a 2.386. Fortaleza, que concentra a maioria dos registros, ultrapassou os 2 mil casos, totalizando 2.031. No total, a Covid-19 foi diagnosticada em 75 municípios cearenses.

O número de mortos pela doença permanece em 124. Dos óbitos, 93 aconteceram em Fortaleza, enquanto os demais aconteceram nos outros 17 municípios a seguir: Eusébio (4), Iguatu (4), Maracanaú (4), Caucaia (3), Jaguaribe (2), Limoeiro do Norte (2), Maranguape (2), Aracati (1), Capistrano (1), Cariús (1), Farias Brito (1), Horizonte (1), Itaitinga (1), Quixeramobim (1), Salitre (1), Santa Quitéria (1) e Tianguá (1).

Um mês da primeira morte

A primeira morte por Covid-19 no Brasil completou um mês nesta quinta. A vítima era um homem de 62 anos que estava internado no Hospital Sancta Maggiore, da Rede Prevent Sênior, no Paraíso, Zona Sul da capital paulista.

Da Redação 
Com Pragmatismo Político 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48