sábado, 06 de junho de 2020
SIGA-NOS

Em Mari, gestão municipal continua as ações de ajuda a famílias carentes e entrega mais 200 cestas básicas nesta segunda-feira



Publicado em terça-feira, abril 14, 2020 · Comentar 

A Prefeitura de Mari continua a entrega de ajuda alimentar as famílias em vulnerabilidade social. Desde a semana passada que a Secretaria de Desenvolvimento Humano realiza a distribuição de alimentos nas comunidades da zona urbana e rural do município. Além disso, a Secretaria de Educação fez a entrega de 2.500 kits de merenda escolar com os pais de alunos da rede municipal de ensino, com isso a gestão municipal ameniza a necessidade das famílias que precisam de alimentação.

As ações de distribuição de alimentos faz parte das medidas sociais de enfrentamento da pandemia de Covid-19 anunciadas pelo Prefeito Antonio Gomes.

Nesta segunda-feira (13) foram entregues cerca de 200 cestas básicas nas localidades da Santa Julia, Rua da Aliança e no Pasto Novo, mais precisamente em uma comunidade conhecida como Rabo da Gata.

A prefeitura pretende atender a todas as comunidades mais distantes do centro, onde há famílias em vulnerabilidade social e até a noite desta segunda-feira já se contabilizava cerca de 800 cestas entregues a população.

No sábado, dia 11, véspera do domingo de Páscoa a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Humano realizou a entrega de cestas básicas na Rua Projetada, próximo ao Bairro Procanor (comunidade que já foi atendida no meio da semana passada) e nas comunidades rurais Pirpirí, Lagoa do Felix e Açude Grande. 

Leia também: Na véspera da Páscoa, prefeitura entrega cerca de 600 cestas básicas em comunidades carentes de Mari/PB

Na quinta-feira da Paixão, dia 09, a prefeitura fez a entrega de cestas básicas no Bairro Amor Divino, Walter Martins e Bairro Vermelho.

Leia também: Gestão Municipal faz entrega de cestas básicas dentro do programa de apoio a carentes vítimas da pandemia em Mari/PB

A entrega das cestas básicas tem sido feito com critérios, as pessoas precisam preencher um documento e atestar que estão recebendo aquele benefício do município para que não haja complicação na prestação de contas aos órgãos de fiscalização, informa os agentes da Secretaria de Desenvolvimento Humano.

O trabalho de distribuição desses alimentos não vai parar enquanto perdurar a crise provocada pela pandemia do coronavírus.

Da Redação 
Com Assessoria 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48