sábado, 06 de junho de 2020
SIGA-NOS

Mistério: Advogado paraibano morto em PE pode ter sido vítima da atuação das filhas como juízas



Publicado em sábado, abril 11, 2020 · Comentar 

A Polícia Civil de Pernambuco não descarta a ligação da morte do advogado Levi Borges com a atuação de trabalho das filhas juízas, segundo matéria do site Polêmica Paraíba que informa que a investigação será feita pela 13ª Delegacia de Polícia de Homicídios, no Cabo de Santo Agostinho.

Leia também: Tragédia: Advogado Levi Borges é morto a tiros em tentativa de assalto, na Grande Recife-PE

Matéria publicada pelo mesmo site, afirma que a Polícia de Pernambuco investiga se a morte de Levi Borges foi um assalto seguido de morte ou uma execução planejada. Segundo relatos de uma pessoa que esteve no velório do defensor, sua esposa comentou que já faziam alguns meses que o (carro branco) vinha seguindo eles; durante este período, os mesmos não deram importância, mas já se preocupavam com a situação.

Ainda segundo relatos, uma das filhas do casal está a frente de uma grande operação e, já havia vindo recebendo ameaças; no sentido de que ela iria receber “um aviso”. De acordo com o mesmo relato, no dia da abordagem, a Esposa de Levi Borges disse que o casal havia percebido a perseguição. E, que o criminoso disse os seguintes termos: “Agora tu vai morrer’.

Uma filha de Levi Borges é juíza em Pernambuco, Dra. Andréa Rose Cartaxo, ela é titular da 4ª Vara de Sucessões e Registros Públicos do Recife. A outra filha também é juíza, Aylzia Fabiana Borges Carrilha, é juíza substituta do Primeiro Tribunal do Juri da Capital.

Da Redação 
Do ExpressoPB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48