quinta, 15 de abril de 2021
SIGA-NOS

Por ‘vingança’ política, vereadores reprovam contas de ex-prefeita aprovadas pelo TCE em Pilões na ‘5ª feira da paixão’



Publicado em sexta-feira, abril 10, 2020 · Comentar 

A data não poderia ser mais simbólica do que a ‘quinta-feira santa’ para que os vereadores João Filho, Edilson Mendes, Diógenes, Bastinho da Farmácia, Francisco Flor e Menon, da cidade de Pilões, no brejo paraibano,  transformassem a vida da  ex-prefeita Adriana Andrade em um verdadeiro inferno.

Os citados parlamentares se quer respeitaram o dia santo que lembra a tentação de Jesus pelo diabo no Monte das Oliveiras e mais tarde a traição de Judas ao entregar Jesus e de prontidão reprovaram de forma sumária as contas da ex-gestora referente ao exercício de 2016, mesmo estas tendo sido aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado, através de parecer favorável à legalidade dos atos financeiros da administração.

Nos bastidores, sabe-se que a manobra feita pela bancada da prefeita Socorro Brilhante foi uma vingança do grupo situacionista pelo fato da ex-prefeita ter deixado o grupo de situação e ter aderido a oposição.

Informações que circulam a ‘boca miúda’ dão conta de que a ex-prefeita estava sendo pressionada para voltar ao governo municipal e como recompensa teria suas contas aprovadas, tanto que a votação que era prevista para a sessão do dia 01 de abril foi adiada para que articuladores políticos ganhassem tempo para aumentar a pressão à ex-prefeita e sua família.

Leia também: Contas da ex-prefeita de Pilões entra em pauta e vereadores podem está sendo pressionados a reprovarem

A sessão desta “quinta feira santa” em Pilões tem repercutido bastante e a posição dos vereadores tem sido reprovável por boa parte dos populares que acreditam que os parlamentares fizeram um julgamento político das contas com cara de vingança escancarada contra Adriana.

A ex-prefeita Adriana Andrade ainda não se pronunciou sobre o resultado da sessão desta “quinta feira santa” que deve ter rendido muito vinho, risada e comemoração por parte de seus algozes. Não há semelhança melhor entre a passagem bíblica celebrada ontem pelos cristãos e  o tribunal da inquisição protagonizado pela Câmara de Pilões com a complacência daqueles que estiveram na mesma mesa que Adriana em um passado bem recente e que covardemente decidiriam lhe apunhalar pelas costas como Judas.

Da Redação 
Do ExpressoPB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48