sexta, 03 de abril de 2020
SIGA-NOS

Governador mantém medidas restritivas e alfineta: “Pronunciamento de Bolsonaro foi um desserviço”



Publicado em quarta-feira, março 25, 2020 · Comentar 

O governador João Azevêdo (Cidadania) reagiu com críticas ao pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na noite desta terça-feira (24) em cadeia nacional de Rádio e TV.

“A nossa posição será de manter exatamente o plano elaborado anteriormente. Esse pronunciamento foi um desserviço à nação’, disse o gestor paraibano em entrevista ao Portal MaisPB.

Mais cedo, Bolsonaro criticou as ações determinadas por governadores e prefeitos em relação ao combate ao novo coronavírus, como o fechamento de lojas, bares, restaurantes e estabelecimentos.

“Algumas poucas autoridades estaduais e municipais devem abandonar o conceito de terra arrasada, a proibição de transportes, o fechamento de comércio e o confinamento em massa. O que se passa no mundo tem mostrado que o grupo de risco é o das pessoas acima de 60 anos. Então, por que fechar escolas?”, questionou Bolsonaro.

Da Redação

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48