sábado, 06 de junho de 2020
SIGA-NOS

Radialista detona ‘condenações antecipadas’ e relembra “massacre” sofrido por ex-prefeita de Mari acusada sem provas de roubo de R$ 1 milhão



Publicado em quinta-feira, março 5, 2020 · Comentar 

Jornal Oficial do município, pago com dinheiro público, era usado permanentemente para destruir imagem da ex-prefeita

Ao comentar o pedido de vaquinha que está sendo feita pela atual prefeita de Conde, Márcia Lucena, para pagar as despesas com sua defesa na operação Calvário, o radialista Marcos Sales da Rádio Araçá FM, no Programa Liberdade de Expressão, na manhã desta quarta-feira (04) detonou com as condenações antecipadas feitas pela mídia contra políticos e agentes públicos.

Leia também:  Para pagar defesa, prefeita de Conde, Marcia Lucena, faz ‘vaquinha’ na internet

Sales lembrou o massacre midiático sofrido pela ex-prefeita de Mari, Vera Pontes, que administrou a cidade entre 1997 e 2000, quando deixou o comando do município, seu sucessor e seu grupo político capitaneou uma campanha de difamação contra a ex gestora nunca antes visto.

“Foram 10 anos de massacre contra Vera Pontes, acusando a ex-prefeita de roubar R$ 1 milhão, nunca provaram isso contra ela, mas usaram o dinheiro público para acabar com a imagem de Vera”, lembrou.

Sales chegou a denominar de “grupo de canalhas” as pessoas que agrediam diariamente a ex-prefeita e seus familiares. “Um grupo de canalhas assassinaram a reputação da gestora e da cidadã Vera Pontes com ataques baixos e rasteiros; na história política de Mari ninguém sofreu tanto como a ex-prefeita e sua família, talvez por ser mulher, sofreu todo tipo de preconceito”, disse.

O radialista disse que qualquer julgamento sobre o caso Márcia é condenação antecipada e isso não é correto, pois assim como aconteceu com Vera Pontes, a prefeita condense pode está sendo alvo de uma injustiça. No caso da ex-prefeita de Mari, nada foi provado contra ela.

Da Redação 
Do ExpressoPB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48