sexta, 21 de fevereiro de 2020
SIGA-NOS

CONVERSA FRANCA/Por Aninha Ferreira: “Marcas do que se foi…”



Publicado em terça-feira, dezembro 31, 2019 · Comentar 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“MARCAS DO QUE SE FOI…” 

Dias de pausa. Dias de reflexão. Não é só uma troca de calendários, não é só comprar a roupa nova, preparar a Ceia, trocar presentes e abraçar os amigos. Chegar ao final de mais um ano é, de alguma forma, pensar em tudo o que aconteceu até aqui; em quem foi embora e tornou 2019 tão difícil; em quem chegou e tornou 2019 mais bonito. É pensar na família que talvez já não seja mais a mesma, nos amigos que deixaram de ser amigos e nos inimigos que hoje se abraçam; é lembrar do que já não existe mais e de que a vida seguiu apesar disso; é sorrir pelo o que de bom chegou e deixar a lágrima cair pelo o que feriu e ainda não cicatrizou. Chegar até aqui é entender que sobrevivemos a tudo o que nos aconteceu: ser grato pelas vitórias que nos fizeram felizes e pelas derrotas que nos fizeram crescer, pois, a vida jamais será em vão.

A retrospectiva inevitavelmente acontece, mesmo que só confidenciemos aos nossos botões. Cada ano nos deixa algo importante, nos ensina através daquilo que nos acontece e também do que acontece com os outros. Para uns, um ano digno de aplausos; para outros, um ano digno de não ser lembrado. Contudo, para todos mais um ano vencido. Não importa o que tenha acontecido, não importa o tamanho da queda, da cicatriz, da dor, da frustração… se o coração continua batendo, ainda é possível juntar os cacos e seguir adiante. A vida é feita de uma palavra que particularmente gosto muito: RECOMEÇAR. Mas é preciso muita coragem para transformá-la em verbo. Eu desejo de todo coração que você verbalize o seu recomeço. Do seu jeito e no seu tempo. Faça de todas as quedas do passado, alicerce para o seu novo ciclo. A felicidade pertence a quem sabe que ser é muito mais que ter. Poucas pessoas são felizes de verdade, portanto, busque ser uma delas. Mude por dentro, zere seus arrependimentos e comece a agir diferente exatamente naquilo que não floresce, naquilo que você se doa, mas só recebe dor. Não importa o que seja, dê um fim naquilo que não te faz feliz, mesmo que a lágrima caia. A vida é boa, o tempo é mestre e você é forte! Recomece o ano soltando as amarras que te impedem de voar, cure direitinho das tuas dores, não perca a cumplicidade com Deus e siga. Não leve bagagens desnecessárias novamente ou viverá mais um ano lamentando as mesmas coisas.

Por agora, aceite um conselho: Ame a sua família, pratique esse amor com os que estão em casa, seja mais presente, apesar da correria da vida. Fale da importância que o outro tem na sua vida. Releve algumas bobagens, tenha paciência com os mais velhos e ouça o que eles têm a dizer. Aproveite as pessoas, cuide delas, porque a vida é tão imprevisível… Não deixe isso passar, pois, muitos já não poderão mais abraçar seus entes queridos neste Réveillon. Que você olhe mais nos olhos, abrace com mais vontade, sorria com os lábios e com o coração e viva a delícia e a benção que é ser FAMÍLIA. Conserve, considere, ame, porque não há NADA melhor na vida do que ter com quem contar em dias de sol e chuva. Acredite: não há dinheiro que pague um lar. Tenha coragem para ser feliz de verdade. Para mudar o que não está certo, o que não está bom e fazer de outro jeito! Que você lute por si, por seus planos e por cada um dos seus sonhos. Seja lá qual for o seu objetivo na vida, busque-o. Dê o seu melhor. Não perca mais o seu tempo dando satisfação e acompanhando a vida dos outros pelas redes sociais. Faça diferente. Aprenda a utilizar o seu tempo e dê a importância certa para as coisas e pessoas certas. Planeje, trace metas, cumpra-as com afinco, determinação e consistência. Mude de caminho, de estratégia, recomece quantas vezes for, mas, nem por um momento, cruze os braços e fique vendo o ano passar. Viva os 365 dias com intensidade e sabedoria. Tenha foco, tenha amor por si e bote para quebrar.

Desejo que 2020 seja um ano completo de amor, de amizade, de paz, de sorrisos, de sucesso e de aprendizado. Não perca a capacidade de ver esse aprendizado nos momentos difíceis. E, principalmente, não perca a capacidade de amar. De perdoar e ajudar. Se houvesse mais amor em cada um de nós o mundo seria, pelo menos, um lugar mais confortável. Que o próximo ano se inicie com um abraço bem forte em quem você ama. Pode ser a mãe, o pai, o filho, a amiga, o irmão, o amor da sua vida… Abrace, comemore com os seus, mas, acima de tudo, AGRADEÇA. Pelo novo e pelo velho. Não importa o que passou, não importa o que doeu, apenas, agradeça. Deus lhe explicará através do tempo, que tudo tem um propósito, e que Ele SEMPRE sabe o que faz. Faça a sua parte e Confie.

Um Excelente ano para todos nós! Que Deus nos abençoe, nos guarde e nos dê a sua PAZ. Que seja um ano de muitas inspirações e leituras! Obrigada pelo carinho! Um forte abraço!

Veja AQUI versão original do artigo na 
Edição Digital da Revista EXPRESSO

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48