sábado, 14 de dezembro de 2019
SIGA-NOS

Paraíba é o 2º estado mais desigual do país na distribuição de renda



Publicado em segunda-feira, novembro 18, 2019 · Comentar 

Na Paraíba, 10% da população ocupada com os maiores rendimentos recebe um valor médio de R$ 7,1 mil, enquanto que para os 40% com os menores rendimentos, essa quantia é de R$ 438, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Dessa forma, o primeiro grupo recebia, em 2018, aproximadamente 16,2 vezes mais em relação ao segundo.

O Estado só é menos desigual que o Piauí, em que a razão totalizou 18,4. O dado da Paraíba chega a ser superior a média nacional, de 13 e à regional de 14,1. Já no que se refere às residências, a pesquisa aponta que, em 2018, cerca de 44,8% da população paraibana teve um rendimento domiciliar per capita de até meio salário mínimo, ao passo que 0,7% não teve rendimentos.

Em relação às linhas de pobreza, como o Brasil não possui uma oficial, o IBGE considerou os valores de US$ 1,90 diário per capita, estabelecido pelo Banco Mundial como limite para a definição de pobreza global, e o de US$ 5,50 diário per capita, da mesma instituição, mas direcionado para países com rendimento médio-alto, como é o caso do Brasil.

No primeiro grupo, está inserida cerca de 11,2% da população paraibana, aproximadamente 447 mil pessoas, conforme a pesquisa. Já o segundo é mais abrangente e inclui 40% da população, o que representa 1,588 milhão de pessoas nessa linha de pobreza.

Da Redação
Com MaisPB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48