sexta, 15 de novembro de 2019
SIGA-NOS

Partidos de Esquerda avaliam encontro com João sobre PSB como positiva, e se colocam como intermédio para resolver crise no partido



Publicado em terça-feira, setembro 24, 2019 · Comentar 

Partidos ligados à esquerda na Paraíba se reuniram na noite desta segunda-feira (23) com o governador João Azevêdo (PSB). Apesar do encontro ter sido realizado a porta fechadas no Hotel Nord Sapucaia, no bairro de Tambaú em João Pessoa, o Portal MaisPB conversou com os participantes da reunião. Ouvidos, eles ressaltaram que o debate teve como foco a manutenção do campo da esquerda em torno do governo.

Uma das propostas defendidas por Gerson Vasconcelos da Rede, é que os partidos façam um intermédio entre os integrantes do PSB para resolver a crise instalada na sigla. “Se for necessário, os partidos se colocam à disposição para o consenso na legenda”, explicou.

Gerson Vasconcelos, da Rede:

“Foi uma conversa agradável. Ele demonstrou que quer continuar com esse projeto na Paraíba. Acho que o saldo foi positivo. A gente se colocou a disposição para intermediar essa crise interna no PSB, mesmo sabendo que não temos muitos poderes para isso, mas o que for necessário esses cinco partidos estão dispostos a fazer esse processo na legenda que foi condutora.O governador se colocou na construção que quer construir, que vai dialogar com outros partidos da coligação. Essa prestação de contas do governo ele está fazendo para que essa crise interna do PSB não afete a governabilidade”.

Lídia Moura, do PMN:

“Foi uma reunião muito produtiva. Os partidos ao governador esse encontro. Foi muito mais para alinhar esse projeto do campo democrático do que propriamente do que tratar de outras questões. Quanto à crise interna do PSB não dá pra ninguém entrar, porque não temos como fazer qualquer ingerência. Discutimos a manutenção do projeto no campo democrático, que é o que interessa a todos os partidos. Foi uma conversa mais política. O governador nos informa que permanece no PSB. Não parece que haverá uma mudança imediatamente. Precisa ver como o partido dele vai se posicionar. De certa forma, serviu para o governador fazer uma prestação de contas da carta programática dele com a sociedade”.

Jackson Macêdo, do PT:

“Foi positiva. Discutimos a conjuntura da Paraíba e a crise interna do PSB. Foi um momento muito rico, de muito debate. Vamos continuar conversando. Eu acho que este foi o entendimento. Manter o diálogo e manter as conversas com o governador João Azevêdo. A exigência do PT é que esse campo permanece unido firme e forte para as eleições de 2020”.

 

Da Redação 

Com MaisPB

 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48