terça, 18 de junho de 2019
SIGA-NOS

Quando o trabalho está além da política: Atuação destacada da Vereadora Vânia Sousa para concretizar a reabertura do BB em Mari/PB



Publicado em quinta-feira, junho 13, 2019 · Comentar 

Logo que a agência do Banco do Brasil de Mari foi reaberta, não faltou quem não quisesse aparecer como autor das cobranças, mas o trabalho da Vereadora Vânia de Zú foi o que mais eficiente apressou o benefício. Mulher de poucas palavras, mas de muita ação, seu mandato na Câmara Municipal de Mari tem se pautado na apresentação de soluções para os problemas da comunidade.

No caso do Banco do Brasil de Mari, que a cerca de 1 ano estava fechado após a explosão da agência em maio de 2018, a parlamentar não parou um momento se quer em busca de soluções para o problema.

É de sua autoria o Projeto de Lei que criou o Conselho Municipal da Segurança Pública, uma das exigências do banco para que a agência voltasse a funcionar. Não só isso, mas requerimentos e audiências com a Superintendência do Banco do Brasil em João Pessoa foram feitas, ao lado do Prefeito Antonio Gomes.

Ao comentar sobre a reabertura da agência, Vânia disse ao site ExpressoPB.net (ver matéria completa no site) que a luta não foi fácil, mas o resultado é concreto. “Agradeço primeiramente a Deus e a todos aqueles que junto encabeçaram pela luta da reabertura do Banco do Brasil de nossa cidade, graças a Deus foi um ano de luta apresentei requerimentos e projetos de lei para que essa agência viesse atender os nossos irmãos mariense, os aposentados, os empresários, funcionários e diversas outras categorias de pessoas. “, disse

Vânia ainda afirmou ao mesmo site que ouviu muito “não”, mas sempre acreditou que seria possível: “quando você tem Deus você vence; ao lado de Aline [funcionária] ouvir muito não, mas sempre acreditei, a pessoa do Prefeito Antônio Gomes que sancionou o Projeto de Lei e também dos amigos vereadores que aprovaram o projeto”, enfatizou.

A vereadora disse que nos últimos meses foi possível acompanhar a problemática do comércio, inclusive com grande queda de vendas, além do perigo que corria os cidadãos da cidade que se deslocava para cidade vizinha muita das vezes não tinha nem o dinheiro da passagem para receber os seus benefícios.

Veja mais da edição nº 45 da Revista EXPRESSO   

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48