terça, 23 de abril de 2019
SIGA-NOS

Policial militar é preso por planejar homicídio no Sertão



Publicado em quarta-feira, março 13, 2019 · Comentar 

Um policial militar foi preso, suspeito de ser o autor intelectual do homicídio que vitimou um homem identificado como Saddan Macena de Lima, crime ocorrido na cidade de Patos, no Sertão da Paraíba, em janeiro deste ano, conforme a Polícia Civil.
A prisão foi realizada na manhã desta terça-feira (12), na cidade de Parelhas, no Rio Grande do Norte, durante uma ação conjunta da Polícia Civil da Paraíba e do estado onde o suspeito, identificado como Moisés Vieira Souza, foi preso em cumprimento de um mandado de prisão temporária.
Durante a ação policial, foram cumpridos, ainda, mandados de busca e apreensão em duas residências na cidade de Patos, que resultaram na apreensão de aparelhos celulares que podem ajudar na elucidação do homicídio. O caso segue sob investigação, para apurar o envolvimento de outras pessoas, além do policial, que é natural de Patos e atuava na cidade de Parelhas.
O policial foi levado para a 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (3ªCIPM) de Currais Novos, no Rio Grande do Norte, como medida de segurança, em razão dele ser policial militar lotado na cidade de Parelhas.
Ainda segundo a Polícia Civil, Saddan foi morto a tiros, enquanto seguia na garupa de um mototaxista, no dia 6 de janeiro de 2019. No dia 8 de fevereiro, um homem identificado como Fábio Fabrício de Oliveira Santos, foi preso suspeito de ter sido o executor do crime.
“No decorrer das investigações, foram colhidos fortes indícios de que Fábio e Moisés tramaram o homicídio de Saddan, quando Saddan havia sido detido por ameaças contra o irmão de Moisés e se encontrava na Central da Polícia de Patos para a lavratura do respectivo procedimento policial. Moisés, inclusive, esteve na Central de Polícia durante a realização do procedimento e, na manhã do dia 6 de janeiro, Fábio aguardou a vítima sair da Delegacia e o executou”, detalhou o delegado de homicídios de Patos, Diego Beltrão.

Da Redação com G1 PB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48