sexta, 23 de agosto de 2019
SIGA-NOS

Homens que depreciaram nordestinos em vídeo são identificados; saiba quem são eles



Publicado em quinta-feira, janeiro 10, 2019 · Comentar 

Protagonista do vídeo é empresário e apagou suas contas das redes sociais após a repercussão das imagens. O outro agressor é membro de uma empresa de treinamento de cavalos e também sumiu da internet.

O homem que protagoniza o vídeo com conteúdo xenófobo contra nordestinos e nortistas que viralizou nas redes sociais nesta quarta-feira (9) foi identificado.

Trata-se de Lucas Paolinelli Campos, de Minas Gerais. Ele é sócio da empresa Ramos e Campos Importação e Exportação Ltda, conhecida como Primus Gemstones.

Lucas Paolinelli deletou seus perfis nas redes sociais após a repercussão das imagens.

O outro homem que aparece no vídeo vestindo uma camisa do Clube Atlético Mineiro é Vinícius Silveira Raposo. Ele é professor universitário, formado em medicina veterinária e integrante da Connect Horse, uma empresa de treinamento de cavalos.

Todos os registros de Vinícius Raposo — incluindo Linkedin — também foram apagados das redes sociais de ontem para hoje, exceto por um vídeo de 2 anos atrás em que ele aparece em uma outra página.

As informações foram enviadas ao blog Pragmatismo Político por leitores e devidamente checadas.

Nas imagens que revoltaram os internautas, Lucas Paolinelli comemora a vitória de Jair Bolsonaro e inicia os ataques aos nordestinos:

“Agora que o Bolsonaro ganhou, graças a Deus, ele vai excluir os nordestinos do grupo. Ele falou que agora é faca na caveira. A gente não vai mais suportar esse pessoal do Acre, de Roraima […]”

Em seguida, Vinícius Raposo aparece afirmando que “a galera do Nordeste tem que parar de gastar o dinheiro que o Sudeste produz”.

A princípio, alguns internautas disseram que um dos homens era herdeiro da fabricante Água Sanitária Dragão. A empresa divulgou uma nota para desmentir a informação:

“Vimos esclarecer ao público, bem como aos nossos consumidores o nosso repúdio ao conteúdo veiculado no vídeo e nas mensagens que circulam nas redes sociais envolvendo o nome da marca DRAGÃO, caracterizando portanto #FAKENEWS.

Ressaltamos, contudo, que a DRAGÃO é uma empresa genuinamente NORDESTINA com muito orgulho, tendo fábricas nos estados de PERNAMBUCO, ALAGOAS E CEARÁ atuando há mais de 70 anos no mercado do Norte/Nordeste”.

Painel Político

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48