quinta, 27 de junho de 2019
SIGA-NOS

O Natal dos flash’s



Publicado em terça-feira, dezembro 25, 2018 · Comentar 

Foto Ilustrativa/Internet

Faltando poucas horas para se encerrar o dia 25 de dezembro, resolvi navegar pelas mídias sociais e me deparo com a mega exposição dos momentos antes, durante e depois da madrugada do dia que se celebra o nascimento do menino Deus.

Mais cedo, abro o primeiro portal do dia e encontro os conselhos do santo padre o Papa Francisco: “vida mais simples e menos materialista”, em homilia na Missa do Galo [sugiro ler a homilia do Papa Francisco aqui]. Fiquei pensando se o santo padre andou visitando os perfis no facebook, instagran e/ou outra mídia social qualquer, se o fez deve ter se assustado.

A simplicidade pedida por Francisco parece não ter relevância nos dias atuais, a materialidade criticada por ele, ah essa é algo muito presente no nosso meio: cada um que queira exibir a mesa da ceia mais bonita, cheias de comidades coloridas e diversos sabores, o look mais elegante e o sorriso mais exagerado da noite. Enquanto os flash’s nos mostra uma felicidade sem fim, o coração pode estar a esconder os sofrimentos e/ou as amarguras internas, mas o sorriso da foto está impecável.

Dias atrás me deparei com um amigo chateado por uma decepção com outro colega, outro estava “p” da vida com um conhecido que lhe destratou… Interessante que na noite de Natal nenhum fez um pedido de desculpas, ninguém foi capaz de se reconhecer pecador. Ao contrario, abusaram nas fotos para escancarar para o outro que – pelo menos externamente – está melhor que este, muito bem, obrigado.

E la se vai indo o Natal, amanhã a rotina recomeça sem que nada de lição profunda e humana tenha ficado da noitada natalina, nem mesmo a lembrança de o homem pelo qual se fez tanta festa na madrugada do dia 25, nasceu em uma estribaria, no meio dos animais.  E assim, fico com as com as palavras do Papa Francisco: “Diante da manjedoura, entendemos que a comida da vida não são riquezas materiais, mas o amor; não a gula, mas a caridade; não a ostentação, mas a simplicidade”.

Neste natal qual foi o tamanho do seu amor ao próximo? Reflitamos…

Marcos Sales
Contato com a coluna: @Salles_Marcos
Email: marcosexpresso@live.com

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48