quinta, 15 de novembro de 2018
SIGA-NOS

PERSONALIDADE: Maria de Agenor, uma incondicional paixão por Caldas Brandão



Publicado em quinta-feira, setembro 13, 2018 · Comentar 

Maria de Agenor

Uma incondicional paixão por Caldas Brandão 

Do sítio Baixinha para a antiga Canafístula, esse foi o trajeto feito pela Professora Maria José de Souza, a popular Maria de Agenor, de sua infância aos dias atuais. Enquanto alguns de seus familiares fizeram o caminho oposto com destino a Mari, ela preferiu Acaú onde atualmente reside.

Professora abnegada, apesar de só ter conhecido as letras aos 9 anos de idade, quando com muita dificuldade caminha a pé cerca de 6km entre o sitio onde residia e a Fazenda Soares de Oliveira local onde ficava a escola.

A distância e a falta de companhia nesse percurso a fez mudar de rumo, passando a frequentar a uma escola na fazenda Matrona, lá fez a 2ª série, a partir daí deslanchando nos estudos.

Adulta e casada, Maria de Agenor casou-se, constituiu sua família, afastou-se por um tempo de Caldas Brandão, para onde voltou alguns anos depois e lá está até os dias atuais.

Em Caldas Brandão, Maria de Agenor, foi professora, diretora escolar e enveredou pelo caminho da escrita e da leitura, tanto que já escreveu alguns livros e cordéis, a maioria deles voltados para a história da cidade.

Apaixonada por seu município, está sendo construído em sua residência um local que funciona como museu, onde é retratado através de grafite a história política, social e administrativa da cidade.

A professora Maria de Agenor já se tornou patrimônio imaterial de Caldas Brandão e se consagra como uma eterna apaixonada pela história e seu povo.

Publicado na Edição Impressa nº 40
Julho/Agosto – 2018

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48