quarta, 12 de dezembro de 2018
SIGA-NOS

Brasileiro é preso na Colômbia suspeito de roubar avião



Publicado em sexta-feira, fevereiro 2, 2018 · Comentar 

Jornais locais reproduzem foto do brasileiro preso cedida pela procuradoria
Reprodução / Internet

Um brasileiro está preso na Colômbia acusado de ajudar no roubo de um avião em Aguachica, cidade ao sul do departamento de Cesar. Ele foi identificado como sendo Eduardo Rays e seria o piloto responsável pela operação. Outros quatro homens envolvidos no roubo estão foragidos.

A Embaixada do Brasil em Bogotá foi contatada pelo R7, mas ainda não respondeu sobre a situação legal do brasileiro preso, nem confirmou a sua identidade.

À imprensa local, o procurador geral da Colômbia, Néstor Humberto Martinez, afirmou que as investigações apontam para o envolvimento do ELN (Exército de Libertação Nacional) no assalto à aeronave, que estaria levando 2 bilhões de pesos (cerca de R$ 2,3 milhões) quando foi roubada na quarta-feira (31).

Segundo Martinez, no sítio onde o avião pousou, na localidade de El Juncal, foram encontrados armamentos que tem origem em uma apreensão de armas da então guerrilha Farc, no ano de 2001, e agora estariam em mãos do ELN.

A procuradoria irá acusar o brasileiro por furto agravado, tentativa de furto, retenção de aeronave, porte de uniformes de uso exclusivo das forças militares locais e porte de armas de fogo.

O roubo da aeronave ocorreu no aeroporto de Hacaritama, em Aguachica, município localizado cerca de 600 km ao norte de Bogotá.

De acordo com os relatos de autoridades militares aos jornais locais, o avião foi interceptado por homens armados quando se preparava para a decolagem, na cabeceira da pista.

O piloto, o copiloto e um funcionário da empresa de valores que fazia a segurança do dinheiro transportado foram obrigados a descer.

Uma patrulha da polícia que estava no aeroporto chegou a trocar tiros com os assaltantes, mas este conseguiram entrar na aeronave e decolar.

Aeronaves da Força Aérea e o Exército Colombiano foram acionadas, forçando os assaltantes a aterrisar a aeronave roubada em um sítio, pouco mais de 10 km distante do aeroporto. Quando chegaram ao local, policiais encontraram a aeronave abandonada e avariada.

O piloto brasileiro foi preso em uma busca nos arredores deste sítio. Com ele, foram recuperadas duas das cinco sacolas de dinheiro que estariam dentro da aeronave roubada.

Da Redação 
Com R7

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48