segunda, 25 de junho de 2018
SIGA-NOS

Após ser flagrado tomando “banho de champagne”, irmão de prefeito paraibano diz que tentam denegrir sua imagem



Publicado em quinta-feira, janeiro 18, 2018 · Comentar 

O vereador de Pocinhos, Memel Chaves(PTB), esclareceu sobre a polêmica do “banho de champagne” nesta semana, em que ele estava participando de uma festa com amigos e em dado momento jogava a bebida na aniversariante. Ele diz que a bebida na verdade é uma sidra, mas revoltou a população de Pocinhos, visto que os servidores ainda não receberam os salários referentes ao mês de Dezembro.

Ele esclarece que ele e sua família foram convidados a participar de um aniver´sario, e que em momento algum o banho de “sidra” tenha sido um desrespeito com os servidores de Pocinhos que estão com os salários atrasados.

O vereador classificou a matéria publicada pelo Paraíba Debate e demais blogs e portais como mentirosas e caluniosas, entretanto o fato é de que os servidores estão com os salários atrasados e não tem uma previsão de quando vão receber. Amparado na regra de trazer todos os lados dos fatos, o nosso veículo disponibiliza a nota enviada pelo vereador e irmão do prefeito em sua íntegra.

Confira a nota na íntegra:

NOTA

Fui pego de surpresa pelos factoides emitidos por alguns portais sem a minima credibilidade, cheios de ranço e ódio e preconceito, com o intuito de perseguir e denegrir a imagem de quem for aliado do prefeito de Pocinhos, Claudio Chaves. Não entendo como que algumas pessoas que se passam por jornalistas, radialistas e blogueiros (Com ou sem diploma) podem criar mentiras e tentar sujar a imagem de alguém, apenas por não compactuar com a atuação politicas dos mesmos, descriminando e perseguindo.

Em momento algum, comemoro ou comemorarei a terrível situação que passa nossos servidores diante de uma crise econômica e fiscal sem tamanho que tem prejudicado sensivelmente a gestão do prefeito Claudio Chaves, me coloco solidário aos servidores e tenho buscado junto a prefeitura uma solução para a situação.

No ultimo domingo fui convidado para o aniversário de uma amiga e correligionária que muito me honra com a sua amizade e que ao participar deste evento de forma humilde abriu uma bebida chamada SIDRA, no intuito de comemorar a sua passagem natalícia. Não posso admitir que diante de uma situação como essa a privacidade de uma amiga possa ser exposta, apenas com o caráter de denegrir a minha imagem, irei a qualquer aniversário desde que seja convidado, considero meus amigos e Correligionários. Será que na cabeça desses pseudos-jornalistas pessoas humildes não podem comemorar aniversário?

Vejo com muita preocupação a descriminação social, econômica e de gênero, creio que a intensão das matérias é confundir as pessoas e tentar denegrir a imagem de um político honrado e honesto. A aniversariante merecia sim Champanhe, Chandon, etc… Mas no momento era apenas uma sidra, pois somos honestos e vivemos com nossos esforços, compramos com nosso dinheiro conquistado honestamente. Hoje as pessoas tem seus direitos preservados, sua vontades, podem inclusive comemorar seu aniversário, coisa que antes, apenas estes que hoje bancam estes portais e blogs faziam, e inclusive lavavam as mãos em Whisky  “12 anos”, faziam churrascos em granjas, casas de praias pelas capitais nordestinas.

Não aceito mentiras, calunias ou principalmente descriminação e irei procurar os meios jurídicos e buscar a retratação destes sites, programa de rádio e blogs, caso contrário irei buscar meus direitos através da justiça.

Memel Chaves 
Vereador de Pocinhos PB

Da Redação 
Com Paraíba em Debate

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48