terça, 25 de setembro de 2018
SIGA-NOS

A música mais viral do Spotify Brasil faz apologia ao estupro e protesto de paraibana viraliza



Publicado em quarta-feira, janeiro 17, 2018 · Comentar 

A música “Surubinha de Leve”, do MC Diguinho, está no topo da lista do Spotify. Nesta terça-feira (16), o funk chegou ao primeiro lugar na lista As virais 50 do Brasil. E mais: também chegou a entrar na lista global.

Mas a letra da música tem um forte teor machista. Em um dos poucos versos, o MC canta a seguinte frase: “taca bebida, depois taca a pica e abandona na rua”.

Outro trechos da música são “só uma surubinha de leve com essas filha da put*” e “pode vir sem dinheiro, mas traz uma piranha, aí!”.

Como já era esperado, a canção recebeu protetos. A paraibana Yasmin Formiga, apareceu nas redes sociais maquiada com cartaz. No post, ela escreveu: “Sua música ajuda para que as raízes da cultura do estupro se estendam. Sua música aumenta a misoginia. Sua música aumenta os dados de feminicídio. Sua música machuca um ser humano. Sua música gera um trauma. Sua música gera a próxima desculpa. Sua música tira mais uma. Sua música é baixa ao ponto de me tornar um objeto despejado na rua”.

A roteirista Antonia Pellegrino lembrou como ter “Surubinha de Leve” entre as músicas mais ouvidas no Brasil mostra qual o nível de assédio que as mulheres vivem no país.

“No Brasil assédio é gozada na cara em metrô e o hit viral MAIS OUVIDO no spotify é surubinha de leve, onde dizem os versos: “taca bebida, taca pica e abandona na rua”, disse. “O buraco no Brasil é muito mais embaixo que na França onde aborto é legalizado e o corpo é nosso. Ou nos Estados Unidos onde a mulherada conseguiu caotizar a estrutura pra fazer nascer uma nova ordem”, continuou ela no Twitter.

Da Redação 
Com Brasil 247

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48