domingo, 27 de maio de 2018
SIGA-NOS

Sindicalista comemora demissão de contratados em Sapé: “olha aí as coisas fluindo”



Publicado em sábado, Janeiro 6, 2018 · Comentar 

Foi espantoso a maneira como reagiu o vice-presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sapé, Wilson da Barra, como é conhecido, quando tomou conhecimento da informação de que o Prefeito Roberto Feliciano teria exonerado todos os comissionados e contratados da prefeitura.

Leia também: Prefeito de Sapé segue exemplo de Santa Rita e Patos e exonera todos os prestadores e comissionados

Em um grupo de whatsaap, um dos mais movimentados de Sapé, o Bate Papolítica, Da Barra ficou eufórico e tascou umas palmas e em seguida escreveu: “olha aí as coisas fluindo”.

 

 

Questionado o porque da comemoração, já que tratava-se de demissão de servidores, o sindicalista justificou que como representante sindical só deve lutar pelos direitos dos efetivos.

 

O Presidente da Câmara de Sapé, Johni Rocha também se pronunciou e fez pouco caso, afirmando que o Prefeito só teria obrigação com os efetivos e aposentados, que na ótica de Rocha ainda não receberam dezembro.

A atitude de Wilson da Barra na condição de representante dos servidores públicos municipais no mínimo deveria ser de solidariedade e não de comemoração pelo fato de pais de família estarem sendo dispensados de seus trabalhos.

Em setembro do ano passado quando tomou posse na direção do sindicato, Wilson da Barra fez um elogiável discurso, lembrou de quando teve que fazer pedágio para os professores que estavam com salários atrasados em gestões passadas: “Quem conhece a história de nosso sindicato sabe que travamos muitas lutas e tivemos muitas vitórias, onde quem ganhou foi o servidor público de Sapé. Chegamos até a fazer pedágios para os professores que estavam com seus salários atrasados e passam por dificuldades. Estou pela terceira vez como membro deste sindicato e deixo meu compromisso de lutar por dias melhores. Nosso compromisso será sempre com os servidores, mas para nós atuarmos, os servidores precisam participar”, declarou Wilson em matéria d O Farol de 07/09/2017, pena que o nobre sindicalista esqueceu que da mesma forma dos professores efetivos, contratados também tem barriga.

As demissões nas prefeituras de todo o Brasil estão sendo motivadas pela crise que o país enfrenta agravada pelo Governo Temer com medidas que prejudicam os trabalhadores e que o partido do sindicalista sapeense, o PSDB, dar sustentação no congresso nacional.

Da Redação 
Do ExpressoPB

 

Comentários
Tags : , , ,


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48