Negligência no socorro pode ter provocado a morte de vítima de acidente em Mari/PB


Vítima veio a óbito

Um acidente que poderia ter terminado sem proporções graves na cidade de Mari na noite desta quinta-feira (04) terminou com uma morte e a causa pode ter sido a forma como a vítima foi socorrida.

O acidente ocorreu por volta das 19h no trecho urbano da PB 073 quando um veículo fiat tentou atravessar a rodovia colidindo com uma motocicleta que seguia na pista sentido Guarabira. O motociclista teve escoriações e aparentemente o estado de saúde não apresentava gravidade.

A polícia chegou ao local e identificou a vítima pelo nome de Pedro, mais conhecido como “Pedro da Burra da Leallandia. Sem observar gravidade no caso, a polícia teria solicitado uma ambulância da Policlínica Municipal, o que teria sido foi orientada pelos profissionais da unidade a aguardar o socorro do Samu, já que as normas da saúde impede, em casos como este, o socorro sem que seja feito por esse tipo de serviço.

Segundo relato de populares, a polícia teria solicitado autorização a família para encaminhar a vítima em um carro particular para a policlínica, o que teria sido autorizado, tendo chegado a vítima a unidade de saúde em um veículo não adequado para aquele tipo de atendimento.

A coordenadora da Policlínica, Wagna Sousa, disse ao ExpressoPB.net que na unidade foi identificado algumas fraturas na vítima e provavelmente uma perfuração no pulmão, daí os profissionais de plantão solicitaram a transferência do paciente através do Samu, o que só ocorreu por volta das 22h00 após diversas tentativas já que a central informou que uma unidade de Sapé quebrou no caminho e uma unidade de Mamanguape também teria quebrado no caminho.

“Com a chegada do Samu o quadro do paciente já estava gravíssimo, mesmo já tendo sido intubado pela médica de plantão, os profissionais do Samu tentaram estabilizar o quadro para poder fazer a transferência, mas o paciente não resistiu”, explicou a Coordenadora da Policlínica que lamentou o fato do socorro ter sido prestado de forma inadequada.

O motorista do carro que provocou o acidente evadiu-se do local e a polícia realiza diligências para identificá-lo.

Da Redação 
Do ExpressoPB

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *