segunda, 15 de outubro de 2018
SIGA-NOS

“Dizer que é pré-candidato não basta. Tem que demonstrar”, diz Daniella para Romero e Cartaxo



Publicado em quarta-feira, dezembro 27, 2017 · Comentar 

A deputada estadual Daniella Ribeiro, do PP da Paraíba, defendeu, durante entrevista nesta terça-feira (26), ao programa Correio Debate, que os pré-candidatos da oposição na disputa pela sucessão estadual comecem a se posicionar como opções para o eleitoral paraibano já agora, em janeiro de 2018.

Para a parlamentar, apenas dizer que é pré-candidato ao Governo não basta.

Ela disse que os nomes da oposição têm, sobretudo, que demonstrar, ter atitude de pré-candidato para se firmar como opção.

“Eu acredito que logo no início do ano os partidos devem se reunir e apresentar seus nomes. Graças a Deus temos nomes. Temos um bom problema. Mas o nome precisa ser definido e com toda certeza o critério é que haja um projeto, pequisas qualitativas, construção partidária e que o pretenso candidato tenha postura de pré-candidato, mostrando com ações que quer ser o candidato. Na hora que você age com pré-candidato as pessoas acreditam e os partidos que ajudarão nesse processo passam também a acreditar. Meu conselho é que aqueles que queiram ser candidatos é que se sentem e mostrem que são candidatos”, disse.

Apesar da sugestão, Daniella ressaltou que defende a oposição unida em torno de um só nome, seja Cartaxo seja Romero Rodrigues. Para ela, para a oposição vencer deve se manter centralizada em torno de um único nome.

“Eu acho que a oposição deve centralizar em um só nome. Se estamos juntos não há necessidade de dividir. Existem espaços na majoritária para que todos os partidos sejam agraciados. Minha defesa é que haja apenas um pré-candidato”, finalizou.

 

PB Agora

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48