“A vida de um homossexual tem o mesmo valor da de um heterossexual”, diz Virgulino ao criticar ‘política seletiva’ de segurança


O delegado Walber Virgulino foi enfático ao criticar o que chamou de ‘política seletiva’ da segurança pública instituída no estado brasileiro quando cria leis que, na sua visão, fatia a atuação da polícia e defendeu a política de segurança pública de forma homogenia.

“A vida de um homossexual tem o mesmo valor da vida de um homem heterossexual, a vida de um negro tem o mesmo valor da de um branco, portanto não defendo fatiar a política de segurança”, explicou Virgulino.

As declarações polêmicas do ex secretário de administração penitenciaria da PB foi dadas durante entrevista concedida ao Programa Araçá em Debate da Rádio Araçá FM de Mari na manhã deste sábado (16).

Questionado pelos ouvintes e pelos apresentadores sobre a importância do estado garantir a segurança e o direito das minorias, Virgulino voltou a defender que a segurança pública não pode ser política seletiva, mas global e direito de todos indistintamente.

Leia também: Entrevista polêmica do delegado Walber Virgulino ‘bomba’ audiência na Araçá FM de Mari/PB

Da Redação 
Do ExpressoPB

 

 

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *