Vereador de João Pessoa destaca o combate à corrupção


A luta contra a corrupção é contínua e deve ser uma preocupação de todos. Neste sábado (9) comemora-se o Dia Internacional de Combate à Corrupção e o vereador Marmuthe Cavalcanti (PSD), que também fez parte do Fórum Paraibano de Combate a Corrupção (Focco-PB), destaca a relevância, atualidade e urgência desta temática para a sociedade brasileira.

“A corrupção é um dos fatores que atrasa o desenvolvimento do País. É um problema grave, que deve ser combatido diariamente, sobretudo pela classe política. Não podemos esquecer a cobrança da população neste sentido, durante grandes protestos e passeatas ao longo da História. Sabemos que lutar contra a corrupção significa lutar pelo Brasil. E essa luta nós temos que vencer”, afirmou o parlamentar.

Neste contexto, é fundamental o fortalecimento da Controladoria-Geral da União, Ministério Público, Polícia Federal, Tribunais de Contas, sistemas de controle interno e transparência pública, entre outras instituições e iniciativas que permitam a investigação e combate às fraudes e irregularidades nas três esferas de governo. “O Poder Legislativo também é uma peça importante desta engrenagem, a partir de investigações que realiza nas Comissões Parlamentares de Inquérito”, lembrou Marmuthe.

Também é importante destacar a diminuição da impunidade em casos de corrupção, uma peça fundamental nesta engrenagem. A prisão e condenação de grandes empresários, ex-ministros, ex-governadores, ex-deputados, entre outras figuras que tiveram destaque na política brasileira, revelam uma mudança positiva de paradigma. Ou seja, o fim da “cultura da impunidade” é vital para reduzir o desvio de dinheiro público, o pagamento de propinas, o caixa dois nas campanhas eleitorais, entre outros crimes.

O vereador disse ainda que seu mandato vem apoiando sempre as campanhas contra a corrupção e destacou como fundamental a participação popular nesta luta. “O combate à corrupção no Brasil é cada vez mais urgente, sobretudo neste momento em que boa parte da classe política é investigada e vista com enorme desconfiança pela população. Por isso, a sociedade deve estar informada, organizada e atuante na política. É preciso acreditar na mudança, na renovação dos valores éticos em favor do povo, começando pelas atitudes diárias de cada um”, avaliou Marmuthe.

Da Redação 
Com Assessoria

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *