segunda, 15 de outubro de 2018
SIGA-NOS

Paraibano assassinado pela PM na Bahia teria sido confundido com bandido



Publicado em quinta-feira, novembro 30, 2017 · Comentar 

O paraibano Lucas Batista, de 23 anos, da cidade de Carrapateira, no Sertão do estado, morreu em Salvador-BA, onde estava internado desde o mês passado após ser atingido por disparos de arma de fogo em uma ação da Policia Militar. A morte aconteceu na noite segunda-feira (27), mas a informação só foi divulgada nessa quarta (29).

No dia 10 de outubro, a vítima voltava de carro de uma propriedade no povoado de Meia-Hora e coincidentemente, a polícia fechava o cerco no povoado para tentar prender bandidos que estavam a bordo de um veículo semelhante ao conduzido por Lucas.

O jovem foi baleado por diversos tiros. Ele foi socorrido, recebeu socorro no Hospital Regional e foi transferido para Salvador.

O rapaz estava se recuperando bem e até chegou a receber alta médica. Mas, segundo amigos, ele teria contraído uma infecção hospitalar e não resistiu.

Lucas Batista era primo do ex-prefeito carrapateirense, Dedé Pereira. O clima entre amigos e familiares é de comoção e revolta com a morte prematura de Lucas, que morava no “Beco dos Paraibanos”, próximo ao Dentran de Irecê.

A morte do rapaz comoveu familiares e amigos que residem em Carrapateira, no Sertão da Paraíba.

Da Redação 
Com PbHoje

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48