Em comparação com antecessor, gestão de AG em Mari já economizou quase R$ 200 mil com contratados


Os números que vem sendo apresentados pela Gestão do Prefeito de Mari, Antonio Gomes, com relação ao uso do dinheiro público tem revelado uma maneira diferente de tratar as finanças combalidas do erário, sobretudo quando comparado com a gestão de seu antecessor.

Leia também: AG trabalha para melhorar índice de eficiência no uso de combustível e tira Mari da posição 146 para 127

Segundo o Gerente de Finanças da Secretaria de Finanças do município de Mari, André Antonio, o município já economizou em folha com prestadores de serviço quase R$ 200 mil, mesmo com o novo salário e a inflação do período.

Nos números apresentados pelo gerente, entre janeiro de 2016  e setembro do mesmo ano, a gestão de Marcos Martins gastou com servidores contratados uma importância de R$ 1.810.758,22 (Hum milhão oitocentos e dez mil, setecentos e cinquenta e oito reais e vinte e dois centavos) enquanto que no mesmo período deste ano (Janeiro a setembro) a atual gestão gastou com contratados o valor de R$ 1.613.872,31 (Hum milhão seiscentos e treze mil, oitocentos e setenta e dois reais e trinta e um centavo), conforme infográfico a seguir:

 

Os números mostram que a gestão de AG economizou com prestadores de serviço a quantia de R$ 196.885,91 (Cento e noventa e seis mil, oitocentos e oitenta e cinco reais e noventa e um centavos), mesmo com o novo salário mínimo que passou de R$ 880,00 em 2016 para 937,00 em 2017 e a inflação do período.

Para André Antonio, mesmo com todas as dificuldades financeiras que o município enfrenta, todos os indicativos da atual gestão são melhores que os da gestão anterior e que até o final do ano os números serão ainda mais favoráveis ao Governo de Gomes.

Da Redação 
Do ExpressoPB

 

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *